Início - IPMC: Administração Espera Reduzir Parcela Pela Metade Com Refinanciamento de Dívida
Política e Economia

IPMC: Administração Espera Reduzir Parcela Pela Metade Com Refinanciamento de Dívida

A administração de Catanduva espera – com reparcelamento de dívida – reduzir pela metade o valor mensal pago ao Instituto de Previdência dos Municipiários de Catanduva (IPMC). A solicitação para um novo prazo de pagamento do total dos débitos foi encaminhada ao instituto e ainda depende de aprovação do órgão e também da Câmara de Catanduva.
Há semanas, a prefeita Marta Maria do Espírito Santo Lopes, em entrevista para VOX FM, já afirmava sobre essa medida na tentativa de “economizar” e garantir recursos para o pagamento de despesas prioritárias do município.
Um ofício foi encaminhado ao IPMC na semana passada, solicitando o reparcelamento. Cabe agora ao instituto apresentar uma resposta, se concorda ou não com a ampliação de prazo de pagamento e, consequentemente, redução de parcelas mensais.
Segundo informações obtidas, o Conselho Fiscal do IPMC já teria se manifestado favorável.
O projeto de lei também deverá ser encaminhado ao Legislativo e passar pelo crivo dos parlamentares.
Durante audiência pública, a secretária Solange Variani Fonseca afirmou que a administração paga mensalmente em torno de R$ 700 mil ao IPMC, referente a débitos de anos anteriores e parcelamento firmado com o órgão da previdência.
Também na última semana, a prefeitura divulgou a quebra de ordem cronológica para pagamentos e deixou de efetuar o repasse dos valores patronais destinados ao IPMC, de setembro.
A secretária explicou que deverá garantir o pagamento para IPMC do montante que deveria ser pago em setembro, por volta do dia 15 de outubro. O repasse dos valores descontados dos servidores foi efetuado, no valor de R$ 1,3 milhão. A parte patronal corresponde a R$ 3,5 milhões. “Precisamos rever muitas situações. Da forma com que está hoje, a prefeitura não suporta. Temos, por exemplo, três novas creches sendo construídas. Teremos, quando inaugurá-las que manter mais funcionários, como vai ficar a situação sobre o pagamento ao IPMC. Qualquer ideia neste momento está sendo analisada. O que precisamos é buscar uma solução”, afirmou Solange discutindo sobre o sistema previdenciário municipal.

Karla Konda
Editora Chefe