Política e Economia

Hoje Tem A Segunda Votação Para Projeto De Lei Sobre O Dia Municipal Do Surdo

Durante a 117ª Sessão Ordinária, da ultima de terça-feira (12) foi aprovado por unanimidade em primeira discussão, o Projeto de Lei nº 068/2019, que dispõe sobre o Dia Municipal do Surdo. Segundo Onofre Baraldi, o objetivo da propositura é dar maior visibilidade para toda a comunidade surda, provocar reflexões e usar o dia para desenvolver ações de incentivo à inclusão.
Segundo o projeto de lei do vereador o dia também será para garantir um conjunto de direitos atribuindo ao Poder Público em suas Federal, Estadual e Municipal a responsabilidade de promover ações voltadas a promoção e inclusão das pessoas com deficiência dentro da sociedade.
No texto apresentado na sessão diz que há uma insuficiência de profissionais tradutores e interpretes de libras para atender aos alunos surdos matriculados na rede municipal de ensino.
“No Brasil, o Dia Nacional dos Surdos é comemorado anualmente em 26 de setembro. Esta data foi oficializada através do decreto de lei nº 11.796, de 29 de outubro de 2008. A escolha do 26 de setembro é uma homenagem à criação da primeira Escola de Surdos do Brasil, em 1857, na cidade do Rio de Janeiro, que atualmente é conhecida como INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos). Em Catanduva, a data proposta por membros da comunidade Surda local, em conjunto com Profissionais Interpretes de Libras foi o dia 24 de setembro. A data é uma oportunidade para relembrar os desafios e as lutas por melhores condições de vida, trabalho, educação, saúde, dignidade e cidadania das pessoas com deficiência auditiva, trazendo para o debate, meios necessários para a melhora da qualidade de vida das pessoas surdas” explicou o vereador Onofre Baraldi. A propositura agora seguirá para a votação em segunda discussão, que acontece hoje (19).

Ariane Pio
Da Reportagem Local