Início - Eleitores podem consultar local de votação no site do Tribunal Eleitoral
Política e Economia

Eleitores podem consultar local de votação no site do Tribunal Eleitoral

Eleitores que desejam conferir local e seção poderão pesquisar em suas residências.

Os eleitores que desejam conferir o local e a seção de votação poderão pesquisar em suas próprias residências.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza, em sua página da internet, a consulta do local de votação e o número do título de eleitor.
De acordo com informações da Assessoria de Imprensa do TSE, basta acessar o site www.tse.jus.br, na aba Eleitor e escolher a opção ‘Título e local de votação’.
Ainda ressalta que para votar, é necessário que o eleitor apresente um documento de identificação oficial com foto como carteira de identidade, passaporte ou outro documento oficial equivalente, inclusive carteira de categoria profissional e carteira de habilitação. “Não é obrigatória apresentação do título de eleitor. No entanto, o número do documento é indispensável para o preenchimento do formulário de justificativa, caso o eleitor não possa votar e tenha que justificar a ausência”.
Ainda lembra os eleitores que a votação acontecerá no dia 7 de outubro, entre 8h e 17h, considerando o horário local de cada município. “Em todo o Brasil, 5.568 cidades escolherão seus novos prefeitos e vereadores. Do total de 140.646.446 eleitores brasileiros, 138.544.348 participarão das eleições municipais deste ano, excluindo o Distrito Federal, Fernando de Noronha e os eleitores cadastrados no exterior”.
SAIBA MAIS
Além disso, a Seção de Pesquisa de Jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza o serviço de pesquisa nos bancos de dados sobre julgamentos na Corte.
A Assessoria explica que o serviço pode ser solicitado por eleitores e candidatos, advogados e estudantes e todos os servidores que estão a serviço da Justiça Eleitoral.
“O serviço visa dar suporte na localização de decisões já proferidas pelo TSE, mas é apenas informativa e não se caracteriza como consultoria jurídica”.