Política e Economia

CEI dos Trilhos Realiza Primeira Reunião Entre Integrantes

Amarildo Davoli preside CEI dos Trilhos (O Regional)
Assine

A Comissão especial de inquérito (CEI) que deve apurar todas as informações sobre a nova concessão da RUMO e os projetos existentes para Catanduva, quando se fala da passagem sobre a linha férrea, fez sua primeira reunião na tarde desta terça-feira.
De acordo com o presidente da comissão, Amarildo Davoli, o encontro dos parlamentares traçou diretrizes sobre como proceder no primeiro momento. “Fizemos hoje uma reunião muito produtiva, vamos pedir a ata – que aprovou a nova concessão da RUMO – para a Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), vamos encaminhar ofício para o Tribunal de Contas da União (TCU), saber se vão aprovar, se estão de acordo com essa isenção do valor da outorga e vamos oficiar a procuradora da República, Raquel Dodge para que inicie uma investigação”, afirmou Davoli,.
Davoli também mencionou a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) que defende os projetos apresentados pela Rumo. “É uma entidade sindical, representa o setor de transporte e logística. Reúne 30 federações, mais de 200 mil empresas de transporte, dois milhões de caminhoneiros e mais taxistas. Está apoiando essa concessão de 30 anos, defende a duplicação da ferrovia e aumento do vagão e nunca falou em tirar a linha férrea do centro da cidade”.
Vereadores de Catanduva decidiram instaurar a CEI na sessão ordinária da semana passada.
A ideia partiu do vereador Amarido Davoli por meio de requerimento, aprovado por unanimidade. O parlamentar afirma que busca saber todas as informações que envolvem o traçado da linha férrea, o que pode ser feito para mobilidade em Catanduva e os projetos que a empresa possui.
De forma atípica, a comissão é formada pelos 13 vereadores. “Precisamos investigar isso. É cada dia um fato novo. Precisamos esclarecer a população e saber o que realmente vai acontecer”, afirmou Davoli. “Chamaremos todos os envolvidos porque com esse aumento na carga, ou vai passar o tempo todo trens na cidade ou vai vir um em cima do outro”, disse Luís Pereira.
“Diante dos fatos que são estarrecedores, o Poder Executivo é fundamental para não aceitar qualquer projeto que venha da RUMO. Senão nossa cidade será dividida ao meio”, disse Paraná.

Karla Konda
Da Reportagem Local



Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo