Política e Economia

Catanduva Não Terá Representantes na Assembleia e Câmara Federal

Servidores da Justiça Eleitoral durante apuração (O Regional)
Assine

Catanduva não terá representantes municipais a partir do ano que vem na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. Nenhum dos candidatos com domicilio eleitoral em Catanduva conseguiu se reeleger ou uma vaga para o Congresso Nacional.
Para o cargo de deputado estadual, Beth Sahão teve 54.900 votos em todo Estado. Em Catanduva foi a que teve uma votação mais expressiva para o cargo com 16.524 votos.
Marco Vinholi recebeu 55.957 votos. Em Catanduva, 3.440. Palhacinho Pimpão aparece no sistema do TSE com 0 votos. Marcelo Falcão teve 349 votos.
Para candidato a deputado federal, Sinval Malheiros teve 39.124. Cidimar Porto obteve 3.272, e Aristides Jacinto Bruschi, 2.358. Paulinha Bilux teve 232 votos.
Moira Lazaro que disputou ao Senado Federal obteve 129.146 votos.
Em entrevista, o deputado Marco Vinholi fez uma avaliação da campanha e do resultado obtido. “ Trabalhei muito, pouco mais de um ano como deputado estadual, fui líder da bancada do PSDB, fui relator do orçamento. Mas essa foi uma eleição diferente das outras. A população acabou votando menos em candidatos regionais, buscando mais candidatos que estavam ao lado do presidenciável Bolsonaro. Com isso, fiquei de suplente, mas vou seguir trabalhando pela cidade, pela região”, disse Marco Vinholi.
O deputado justificou ainda a quantidade de votos obtida em Catanduva. “Minha votação baixa em Catanduva se deve muito pelo fato do prefeito Afonso Macchione Neto, desde que entrou na prefeitura, usou a típica estratégia de que a cidade estava quebrada, responsabilizando a administração do meu pai e foi o que atrapalhou a minha votação. Em momento algum levaram em consideração o trabalho que realizei em Catanduva. Mas a cidade ficou sem representatividade, na minha avaliação, perde em recursos, em emendas e a cidade deve sentir nos próximos anos. Mesmo sem mandato vou ajudar da forma que puder”.
Enfermeiro Ari também se manifestou depois da votação. “É sempre muito bom contar com a atenção e o carinho das pessoas. Foi esse carinho que recebi em todos os lugares, inclusive nas cidades da região, que nos manteve firmes nesse desafio que é uma eleição. Agradeço a todas as pessoas que nos receberam e ouviram nossas ideias e propostas. Agradeço também a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas, que contribuíram com inúmeras ideias sobre saúde, educação, empregos, e sobre os problemas da nossa querida Catanduva. Reafirmo aqui meu compromisso de continuar lutando pela nossa cidade, sempre a sua disposição, para ouvir suas sugestões e ajudá-los em suas necessidades. Grato a todos, que como uma família unida, trabalharam para levar nossa mensagem, alimentando juntos, a esperança de um país justo, próspero e merecedor do seu povo”
Cidimar Porto também agradeceu os votos obtidos “Agradeço ao apoio recebido dos amigos que confiam no meu trabalho. Muito obrigado”.
Moira Lazaro também comentou. “Meus votos foram para os melhores projetos políticos, foram votos conscientes. Gratidão por ter participado deste momento tão importante, termino a campanha com alegria no coração e a certeza de que a semente da nova política foi plantada. Obrigada a todas que acreditam no nosso projeto. Obrigada a tríade feminina Nilza Camillo e Bruna Maria Lopes juntas lideramos o primeiro mandato coletivo para o Senado da história do Brasil. Seguimos firmes e mais fortes”.
A assessoria da deputada Beth Sahão afirmou que a candidata encaminharia nota com sua avaliação sobre a campanha. No entanto, até o fechamento da edição, não tínhamos recebido. Pelas redes sociais, Beth comentou. “A vida é feita de batalhas. Nem sempre os resultados são os esperados. Mas o segredo é seguir sempre em frente, sem desistir jamais de nossos sonhos e lutas. Agradeço, do fundo do coração, a todas e todos que confiaram em meu trabalho e votaram em mim nesta eleição. Ficarei como primeira suplente de meu partido e seguirei fazendo aquilo que melhor sei fazer: trabalhar por nossa população. A vida pública é minha vocação. Vocês podem contar comigo, sempre! Obrigada pelo carinho”.

Em quem o Catanduvense votou?
As urnas de Catanduva foram finalizadas com os seguintes resultados:
Para presidente, 42.034 eleitores votaram em Jair Bolsonaro, 7.416 votaram em Fernando Haddad, 5.155 apostaram em Ciro Gomes, 5.066 decidiram por Geraldo Alckmin, 2.662 votaram em Amoedo, 643 votaram em Henrique Meirelles, 537 votaram em Marina Silva, 522 em Alvaro Dias, 422 apostaram em Cabo Daciolo, 296 votaram em Guilherme Boulos.
Para governador foram 22.346 votos para João Doria, 11.615 para Paulo Skaf, 9.269 para Márcio França, 5.222 foram para Luiz Marinho, Adriano da Costa e Silva teve 3.338 votos.
Para o Senado, Major Olimpio teve 30.721 votos, Mara Gabrilli teve 18.825, Suplicy obteve 9.505 votos, Maurren Maggi, 8.649, Tripoli 7.932, Diogo Ribeiro da Cruz 3.349, Mario Covas Neto 5.283, Moira Lazaro, que é de Catanduva, teve 2.662.
Para Deputado federal, Sinval Malheiros teve 11.829 votos, Joice Hasselmann teve 6.774, Eduardo Bolsonaro obteve 5.444, Cidimar Porto apareceu 2.501 vezes na urna, Enfermeiro Ari, 1.496, Bruna Furlan, 1035.
Para deputado estadual, Beth Sahão teve 16.524 votos, Janaina Paschoal, 11.043, Marco Zerbini, 3.583, Marco Vinholi 3.440, Sebastião dos Santos teve 1.132 votos. Itamar Borges teve 665.

Votação ocorreu sem muitos problemas em Catanduva
Algumas filas, algumas pessoas com dúvidas sobre a biometria, alguns votos nulos por conta de votarem duas vezes no mesmo candidato ao Senado. Numa avaliação do chefe do Cartório da 40ª Zona Eleitoral, Marcelo Micena todo o pleito transcorreu dentro do esperado. O maior problema registrado, segundo Micena foi um apagão bem no momento final da votação em que 12 urnas precisaram passar por recuperação dos dados. “Isso acontece quando o mesário retira a mídia antes da gravação dos dados, que não é concluída. É um procedimento simples, que consiste na gravação de uma nova mídia com votos daquela seção. Nenhum voto é perdido, eles ficam gravados em vários meios de armazenamento da urna eletrônica. Tudo transcorreu sem maiores incidentes”, disse.

Bolsonaro x Haddad
A eleição em todo Brasil realizada nesse dia 7 de outubro terminou com a disputa para o segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad. Bolsonaro teve 46,03% dos votos válidos enquanto que Haddad ficou com 29,28%.

Dória X França
No Estado também teremos segundo turno. João Doria enfrentará Marcio França, no próximo dia 28. A campanha eleitoral no rádio e na tv dos candidatos que disputaram o segundo turno começa na sexta-feira.

Karla Konda
Da Reportagem local



Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo