Início - Câmara Devolve Mais R$ 263,9 Mil ao Executivo e Totaliza Quase R$ 1,8 Milhão
Política e Economia

Câmara Devolve Mais R$ 263,9 Mil ao Executivo e Totaliza Quase R$ 1,8 Milhão

Presidente do Legislativo diz que deixou investimentos de lado para devolver a Prefeitura
Nathália Silva
Da Reportagem Local

A Câmara de Vereadores devolveu mais R$ 263 mil à prefeitura e completou com isso a devolução de R$ 1.763.909,69 aos cofres do Poder Executivo. O primeiro cheque de R$ 1,5 milhão já havia sido entregue ao prefeito Geraldo Antonio Vinholi (PSDB) no dia 17.
O presidente da Câmara Daniel Palmeira de Lima (PDT) explicou que o propósito da economia neste ano foi garantir o pagamento dia do 13º salário dos servidores públicos municipais.
“Nosso propósito foi o de contribuir com a administração, principalmente na folha de pagamento dos funcionários. Deixamos vários projetos para o ano que vem para que os funcionários pudessem receber o décimo terceiro salário”, afirmou o presidente.
De acordo com Palmeira, um dos planos que ficaram para 2016 é a digitalização dos documentos do legislativo que já teria sido alvo inclusive de recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
“Um desses projetos é a digitalização de dois milhões de páginas de documentos uma vez que nosso arquivo fica no subsolo do prédio da Câmara e, em caso de enchente, poderíamos perder tudo. O próprio TCE recomenda que seja feita a digitalização e a Lei da Transparência obriga esses serviços”, justificou.
Depois das duas devoluções do dinheiro que sobrou nos caixas do Legislativo, o presidente afirmou esperar não ser repreendido pelo TCE em razão da devolução. “O Tribunal de Contas recomenda que o dinheiro da Câmara deve ser investido na Câmara, mas prefiro correr o risco do que deixar os funcionários sem pagamento”, completou.
R$ 9 milhões
O orçamento do Legislativo para 2015 foi de R$ 9 milhões. A devolução de R$ 1,763 ficou abaixo da expectativa do presidente que esperar entregar cerca de R$ 1,8 milhões. A opção por devolver em duas parcelas foi explicada quando da entrega do primeiro cheque, dia 17, que poderia ser utilizado para pagar o 13º salário dos funcionários públicos. O dinheiro repassado ontem é o que sobrou da reserva que a Câmara tinha segurado para as contas das duas últimas semanas do ano.