Política e Economia

Câmara Arquiva Por Maioria de Votos Mais Uma Denúncia Contra Macchione

CÂMARA arquivou denúncia contra Macchione (O Regional)
Assine

A Câmara arquivou na sessão de terça-feira, dia 10, mais uma denúncia contra o prefeito Afonso Macchione Neto (PSB) por suposta infração político administrativa. A decisão já era esperada até mesmo pelo denunciante, o professor Antônio Flávio de Fázio, que entende que o chefe do Poder Executivo tenha negligenciado em relação a manutenção de um caminhão do Corpo de Bombeiros.

[ms-protect-content id=“802936”, “801852″, “802036”, “802037″, “803051”, “803052″]

Votaram pelo arquivamento os vereadores Amarildo Davoli (PSB); André Beck (PSB); Aristides Jacinto Bruschi (PEN), o Enfermeiro Ari; Cidimar Roberto Porto (PMDB); Daniel Palmeira de Lima (PR); Luís Carlos Pereira da Conceição (PSDB); Maurício Gouvêa (PV); Nilton Lourenço Cândido (PSB) e Onofre Delbson Baraldi (PTB).
Votaram pela abertura de comissão processante os vereadores Antônio Altamir Ferreira (PT), o Gaúcho; Benedito Alexandre Pereira (DEM), o Ditinho Muleta e Wilson Aparecido Anastácio (PT), o Paraná.
O parecer da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar opinou pelo arquivamento da denúncia. Para os vereadores da comissão, Macchione não teria responsabilidade sobre a demora no reparo do veículo. Na tribuna, o relator da comissão, Luís Pereira, reproduziu resposta que teria recebido do comando dos Bombeiros. Segundo contou, em março do ano passado teria sido constatado o problema com necessidade de retífica de motor. Em 4 de agosto teria sido publicada a licitação. “A retífica está em fase final de conclusão. Não assiste razão a indagação. A responsabilidade é do Corpo de Bombeiros, não tem nada a ver com a Prefeitura, tem verba própria. Temos documento hábil que não há negligência por parte do prefeito”, completou o tucano.
Já o vereador Gaúcho, um dos três contrários ao arquivamento, discutiu o parecer da comissão e pediu que os colegas iniciassem a investigação.
“O valor desse veículo novo gira em torno de R$ 5 milhões. Já usado como esse está em torno de aproximadamente R$ 2 milhões. Esse caminhão está parado em uma empresa aqui de Catanduva. Esse impasse já vem de um tempo, há quase um ano. Esse caminhão é de extrema importância porque se tiver um incêndio em prédio, o caminhão mais próximo fica em São José do Rio Preto. Então esse caminhão é de extrema importância para Catanduva. Eu gostaria que o senhor prefeito fosse responsabilizado sim por este caminhão porque na verdade ele sabia de todo o trâmite e jamais esse caminhão poderia estar na condição que está hoje”, afirmou o petista.

Nathália Silva
Da Reportagem Local

[/ms-protect-content]

Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo