Política e Economia

Alunos que Estudam À Noite em Escolas Públicas Terão Passagem Gratuita

Estudantes matriculados em escolas públicas no período noturno terão passagens gratuitas para o transporte coletivo. A informação é da Secretaria Municipal de Educação, por meio da assessoria de comunicação.
A Auto Viação Suzano que mantém a concessão do transporte, deu início ao cadastramento dos alunos da rede pública de ensino do período noturno. Os custos das passagens serão pagos pela Prefeitura.
Conforme orientações da Secretaria Municipal de Educação, a medida é válida para estudantes de escolas estaduais ou municipais, independente da idade, desde que do período noturno. O benefício inclui a Educação para Jovens e Adultos (EJA).
Para obter o cartão de gratuidade, o aluno deverá procurar a secretaria da escola que frequenta e pedir a isenção do transporte. Depois, basta comparecer ao guichê da Auto Viação Suzano, que fica no Terminal Urbano Gerson Gabas.
Será preciso apresentar documentos pessoais como CPF e RG, comprovante de endereço atualizado com até 60 dias e declaração de matrícula emitida pela instituição de ensino em 2020. O cartão ficará pronto em até cinco dias.
Com o cartão, o estudante poderá pegar o coletivo no ponto mais próximo da residência onde mora com destino à escola. A medida é nova, já que, até então, a Prefeitura de Catanduva realizava o transporte dos alunos com frota própria.
De acordo com a Auto Viação Suzano, também continua sendo feito o cadastramento dos demais estudantes em Catanduva. Neste caso, o desconto é de 50% para o uso do cartão, que passa a ter novo sistema de bilhetagem eletrônica. Para realizar o cadastro, basta apresentar, no guichê da empresa, cópias do CPF, RG, comprovante de endereço atualizado e declaração de matrícula emitida neste ano pela instituição de ensino. O cartão também fica pronto em até cinco dias.
O atendimento é realizado de segunda a quinta-feira, das 8 às 18 horas, e às sextas-feiras, das 8 às 17 horas. A emissão do cartão é gratuita, mas em caso de perda, roubo ou extravio, a segunda via custará R$ 25.
O cartão traz recursos novos, como a leitura facial para a liberação da catraca dos ônibus. Até então, o modelo utilizado era biométrico com identificação por digital.

Karla Konda
Editora Chefe