Política e Economia

40 Mil Eleitores de Catanduva Ainda Não Fizeram Cadastramento Biométrico

APENAS duas pessoas estavam na central no começo da tarde de ontem (O Regional)
Assine O Regional Online

Cerca de 40 mil eleitores de Catanduva ainda não fizeram o recadastramento eleitoral obrigatório. O número representa quase a metade dos eleitores da cidade e a pouca procura preocupa o Cartório Eleitoral de Catanduva.
A reportagem de O Regional esteve na tarde de segunda-feira, dia 11, na central instalada em março na Estação Cultura, no centro da cidade, especialmente para atender aos eleitores no processo de cadastramento biométrico. Durante o período, entretanto, apenas dois eleitores estiveram no local que dispõe de 14 balcões de atendimento. “No começo tínhamos mais procura, mas agora realmente está muito baixa e isso tem nos preocupado. Conforme o prazo vai acabando e ainda temos perto de 40 mil pessoas para cadastrar isso significa que aqueles que deixarem para a última hora terão transtornos. Quem está vindo agora não enfrenta fila, não precisa agendar, é muito rápido”, ressaltou o diretor do cartório Marcelo Micena.

De acordo com Micena, Catanduva e Elisiário, cidades atendidas na 40ª Zona Eleitoral, teriam aproximadamente 90 mil eleitores. Do total, passados seis meses desde o início do processo de recadastramento, apenas 53 mil teriam realizado o procedimento.
“É muito preocupante. As pessoas que não fizerem o recadastramento terão o título de eleitor cancelado e isso implica em série de transtornos. Exemplo disso é o caso de empréstimos em bancos mantidos pelo Governo ou em aposentadoria”, alertou o diretor do Cartório.
Além de impossibilidade de realização de transações bancárias, o cancelamento do título também inviabiliza renovação de matrículas em estabelecimentos de ensino oficial ou fiscalizados pelo Governo, inscrição em concursos públicos e recebimento de salários de emprego público, além de obter passaporte e carteira de identidade.
O Cartório de Catanduva não informou o prazo final para o recadastramento biométrico que será obrigatório na eleição de 2018. Mais informações no telefone (17) 3523-9632.

Nathalia Silva
Da Reportagem Local