Polícia

Taxista Leva Passageiros de Rio Preto a Catanduva e é Assaltado

Quando chegou na avenida das Uvas, o taxista foi rendido pelo casal que estava armado com uma faca (Divulgação)
Assine

Um taxista de 49 anos levou passageiros de São José do Rio Preto a Catanduva e foi assaltado. O caso foi registrado na última segunda-feira (9). Casal levou CNH, dinheiro e celulares da vítima ao chegar no bairro Nova Catanduva. Em outro registro policial, uma autônoma de 21 anos caiu em golpe do financiamento e perdeu R$ 1 mil.

[ms-protect-content id=“802936”, “801852″, “802036”, “802037″, “803051”, “803052″]

O taxista contou à polícia que foi chamado para realizar uma corrida na noite de segunda e quando chegou a Catanduva, na avenida das Uvas, foi rendido pelo casal que estava armado com uma faca. Ele disse que depois de ser ameaçado, entregou três celulares, R$ 600 em dinheiro e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
Entre as características dos assaltantes, a vítima relatou que o homem vestia camisa alaranjada e calça jeans, enquanto que a mulher, que aparentava estar grávida, usava um vestido branco com detalhes na cor preta. Depois do roubo eles fugiram, sem o taxista informar qual foi o local. O caso é investigado pela Polícia Civil.
O estelionato também foi registrado no Plantão Policial na manhã de ontem (11). A vítima, uma autônoma de 21 anos disse aos policiais que havia visto um anúncio de crédito na internet. Ela contou que entrou em contato com a financeira por telefone e por WhatsApp para empréstimo de R$ 5 mil.
Os supostos funcionários da empresa disseram que a vítima precisava depositar 10% do valor do empréstimo, o que corresponde a R$ 500, que segundo a financeira contou a vítima, seria para a contratação do fiador. Ainda de acordo com os relatos da autônoma, o valor seria estornado com o empréstimo. A vítima contou que fez o depósito na conta que foi informada e enviou o comprovante do depósito para a funcionária da financeira, que disse que para liberar o crédito de maneira imediata, como ela precisava, um novo depósito deveria ser feito diretamente no caixa de uma lotérica, diferente do depósito no autoatendimento que a vítima havia feito antes.
A autônoma relatou que depositou mais R$ 500 no dia 6 de abril, mas até ontem não teve recebido o crédito que ela havia contratado. Os R$ 1 mil que ela havia encaminhado a financeira também não foram estornados. A vítima contou que tentou entrar no site e ele não estava disponível.
Ao realizar contato pelo WhatsApp, os funcionários da financeira disseram que a quantia não foi depositada porque o banco teria cobrado uma taxa de R$ 799 pedindo inclusive que ela pagasse a taxa. Foi nesse momento que a vítima descobriu que se tratava de um golpe. O caso é investigado.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local

[/ms-protect-content]



Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo