Polícia

Suspeita de Furtar Casa em São Paulo é Presa em Catanduva

Material foi apreendido pelas equipes da DIG de Catanduva (Divulgação/Arquivo Pessoal)
Assine O Regional Online

Uma mulher suspeita de furtar uma casa no bairro Santo Amaro em São Paulo foi presa em Catanduva. Ela teria se passado por empregada doméstica e levado R$ 55 mil em produtos como bolsas, eletrônicos e joias da vítima. O caso foi registrado na semana passada. O mandado foi cumprido após investigação das equipes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Catanduva.
Conforme informações do boletim de ocorrência registrado na capital, a suspeita do crime estaria trabalhando na residência desde maio de 2017. A partir do mês de junho a dona da residência teria começado a sentir falta de alguns objetos. Na época, um par de brincos de alto valor teria desaparecido.
A vítima contou à polícia que não teria desconfiado da empregada, acreditando ser de confiança e sabia os locais onde joias e dinheiro eram guardados. A dona da residência disse que a funcionária ficaria por muito tempo sozinha na casa, já que trabalhava fora. No dia 11 de novembro a vítima teria percebido o sumiço de caixas de som que estavam na residência e que ainda deveriam ser instaladas.
A dona da casa teria verificado imagens do circuito interno de monitoramento e visto que no momento do crime a suposta funcionária carregava um taxi com as caixas de som, uma mala de viagem e outros objetos da casa.
Após ver as imagens, a vítima contou que percebeu que outros itens da casa teriam sido furtados.
Equipes da DIG de Catanduva foram acionadas e começaram a investigação. No dia 23 de agosto eles cumpriram mandados de busca e apreensão na casa da suposta doméstica que estava morando no bairro São Francisco. Lá os itens da vítima teriam sido encontrados. A vítima veio até Catanduva e fez o reconhecimento dos materiais. A mulher foi presa.

Cíntia Souza
Da reportagem local