Polícia

Polícia Ambiental Flagra Maus-Tratos a Aves e Dono é Multado

Aves foram apreendidas e passaram por atendimento (Divulgação/Polícia Ambiental)
Assine O Regional Online

A Polícia Ambiental de Catanduva teria flagrado crime de maus-tratos a aves em Santa Adélia. O caso foi registrado na manhã do último domingo (12) em uma casa que estaria abandonada na cidade. O dono dos pássaros foi multado em R$ 21 mil. No total, sete aves estariam no local.
Conforme informações do 1º Tenente Alonso Wendel Ferreira da Silva, comandante da Polícia Ambiental de Catanduva, as equipes estariam em outra fiscalização na casa ao lado. “E ouvimos os animais cantarem bem alto em uma casa que parecia abandonada, com muito entulho e mal conservada”, disse Silva.
Os policiais procuraram pelo dono da casa e teriam encontrado a mulher dele que teria permitido a entrada. Na residência teriam sido encontradas seis aves nativas e uma exótica. Os pássaros estariam com anilhas falsificadas. Além da multa, o dono da casa deve responder por crime de violação de selo público, no caso pelas anilhas falsificadas.
“Vamos aguardar a recuperação da saúde das aves e após o laudo veterinário e biológico elas serão soltas. As fiscalizações na região de Catanduva continuam”, finalizou o Tenente.

Multa de R$ 126 mil  na região
Foi em abril deste ano que um homem foi multado em R$ 126 mil por maus-tratos a aves. Além do crime, os pássaros também seriam mantidos em cativeiro, o que resulta em acréscimo de mais R$ 21 mil na multa.
O flagra foi feito pelas equipes da Polícia Ambiental em patrulhamento em Pindorama.
As equipes chegaram a casa depois de receberem uma denúncia anônima. Quando chegaram ao local da denúncia, os policiais teriam encontrado a esposa e a filha do dono da residência que teriam dito que lá só havia duas calopsitas. Os policiais teriam ouvido o canto de um canário e questionaram sobre a existência de outra ave. Em um quartinho teriam sido encontrados 42 pássaros em 14 gaiolas.

Cíntia Souza
Da reportagem local