Polícia

Ossada Humana é Encontrada em Canavial Entre Catanduva e Elisiário

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (O Regional)
Assine

Uma ossada humana foi encontrada em um canavial entre as cidades de Catanduva e Elisiário. O caso foi registrado na manhã de ontem (4). Exame deve apontar qual foi a causa da morte e quem é a vítima. Ao lado do corpo estava uma dentadura. Uma bermuda e um par de tênis também foram encontrados pelas equipes. Pelas peças no local, a ossada seria de um homem, mas exames devem apontar qual era o sexo da vítima.
Em entrevista ao O Regional, o delegado Marcelo Augusto Díspore, aponta que foi até o local onde a ossada foi encontrada, depois de uma denúncia. A área rural fica às margens da rodovia Chafic Saab. A ossada deve estar no local há seis, sete meses, já que não havia sinais de decomposição. “Não havia nenhum sinal de perfuração, de disparo de arma de fogo, simplesmente a ossada”, informou o delegado que acionou o Instituto de Criminalística que também esteve no local.
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal que deve analisar qual foi a causa da morte. “O objetivo é descobrir se foi um homicídio, ou se foi morte natural, porque em um primeiro momento não podemos dizer o que foi, a não ser uma morte suspeita, porque isso realmente é”, conta o delegado.
Exame de DNA também deve ser realizado pelas equipes do IML. “Vamos aguardar o laudo e o caso vai ser encaminhado para a DIG/DISE, além da delegacia de polícia da área. Vamos fazer as investigações para saber o que aconteceu e o que de fato ocorreu”, complementa. As equipes também analisarão se existem registros de desaparecidos no período, para saber se há alguém com as mesmas peças de roupas encontradas com a vítima.

Outro caso no ano passado
Em outubro do ano passado, outra ossada foi encontrada na região, desta vez em área rural de Catiguá. De acordo com informações da polícia na época. As equipes chegaram ao local depois de receberem a informação de que um pescador havia encontrado um braço e uma mão humana ao lado de uma cova rasa. O local ficava às margens do rio São Domingos e equipes do Corpo de Bombeiros ajudaram a retirar a vítima do local que estava em avançado estado de decomposição. A ossada era de um homem com 1,80 de altura que usava camiseta e uma bermuda. Assim como no caso mais recente, nenhum documento foi encontrado. O corpo foi levado ao IML onde foi constatado um trauma na cabeça causada por um objeto.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local



Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo