Polícia

Operação Dia do Trabalho Termina com 4.282 Autuações na Região

Mais de duas mil autuações foram aplicadas pela polícia durante o feriado (O Regional)
Assine O Regional Online

Operação Dia do Trabalho realizada pela Polícia Rodoviária estadual em conjunto com Artesp, DER e concessionárias das rodovias, resultou em 4.282 autuações nas principais vias da região, incluindo o trecho que passa por Catanduva na Washington Luís (SP-310) e Rodovia Comendador Pedro Monteleone (SP-351).
O balanço foi divulgado ontem pelo 3º Batalhão de Polícia Rodoviária. A operação teve início no dia 27 de abril e término no dia 1º de maio.
De acordo com o relatório da PR, além das mais de 4 mil multas, houve a captação de 5.793 imagens de radares com flagrantes de excesso de velocidade. “O que demonstra que a imprudência dos motoristas é elevada”.
A embriaguez ao volante também foi constatada. 1676 condutores passaram pelo teste do bafômetro. 182 receberam multas. Nove foram autuados pelo crime de embriaguez.
Falta do cinto de segurança também chamou atenção. Foram 1171 multas pela ausência do equipamento. A falta de capacete, viseiras ou óculos de proteção não passou despercebida. Foram 743 infrações cometidas.
Além do descumprimento das leis de trânsito, policiais , durante o período de operação, prenderam 10 pessoas em flagrante, apreenderam uma arma de fogo, encontraram dois foragidos da justiça.
Acidentes
As estatísticas mostram o número de acidentes registrados nas principais rodovias estaduais da região que compreende o comando da Polícia Rodoviária, do 3º Batalhão.
Ao todo foram 133 acidentes nos dias de feriado prolongado. 58 fizeram vítimas graves, seis pessoas morreram, 14 tiveram ferimentos leves e 65 ninguém se feriu.
“Em que pese a forte presença do Policiamento Rodoviário nas estradas, é necessário destacar que a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada, pois, em grande parte dos casos, a causa dos acidentes está relacionada à imprudência, negligência ou imperícia dos condutores ou pedestres”, informa a PR por meio de nota.
Neste ano a Polícia Rodoviária não realizou comparativo com 2017. Isso porque no ano passado, não houve a operação por conta do feriado ter caído no domingo. Operações neste porte são realizadas principalmente quando há feriados prolongados.

Karla Konda
Da Reportagem Local