Polícia

Motorista ‘Fura’ Sinal Vermelho e é Preso Por Tráfico de Drogas

Motorista foi levado ao Plantão Policial onde foi preso em flagrante por tráfico (O Regional)
Assine O Regional Online

Um motorista de 31 anos que teria “furado” o final vermelho foi preso em flagrante por tráfico de drogas. O caso foi registrado no bairro São Francisco na madrugada do último sábado (7). Houve perseguição da XV de Novembro até a rua São Francisco.
Conforme informações do boletim de ocorrência, as equipes estariam realizando patrulhamento de rotina, quando, ao passarem pela XV teriam visto um carro atravessar o semáforo, que estava com sinal vermelho, em alta velocidade.
Como a situação levantou suspeita, as equipes começaram a acompanhar o veículo. Mesmo com alertas luminosos e sonoros de parada dos PMs, o motorista teria continuado o caminho em alta velocidade. A perseguição seguiu até a rua São Francisco. Lá, ele teria descido do veículo. Em revista no carro, os policiais teriam encontrado uma mochila com um saco plástico que estaria armazenando cocaína. O motorista teria dito que a droga não seria dele e que desconheceria a origem do entorpecente. A quantidade da droga não teria sido divulgada.
Na carteira, teriam sido apreendidos R$ 376 em dinheiro. Os policiais também foram até a casa do motorista, onde teriam encontrado munições de duas armas de fogo. Os itens estariam guardados em gaveta do criado-mudo e em meia do guarda-roupas.
O motorista foi levado ao Plantão Policial onde foi preso em flagrante por tráfico de drogas. As armas das munições encontradas não teriam sido apreendidas. O homem foi levado a Cadeia Pública de Catanduva, onde está a disposição da Justiça. O caso é investigado pela Polícia Civil.

232 prisões por tráfico
De janeiro a agosto deste ano, 232 pessoas foram presas por tráfico de drogas em Catanduva. Os dados são da produtividade policial da Secretaria de Segurança Pública (SSP).
O mês com maior número de prisões por tráfico foi agosto, com 49 ocorrências do tipo. Seguido de junho (39) e março (30). Já as ocorrências de porte de entorpecentes lideraram no mês de julho (15), seguido de fevereiro, junho e agosto com 13 registros cada. No acumulado de janeiro a agosto foram 88 ocorrências do tipo.

Cíntia Souza
Da reportagem local