Polícia

Morador de Catanduva Morre em Acidente de Moto em Catiguá

Acidente foi registrado da estrada Vicinal Vicente Sanches (street view/google)
Assine O Regional Online

Um morador de Catanduva, de 42 anos, morreu em um acidente registrado na madrugada de ontem na estrada vicinal Vicente Sanches, em Catiguá.
Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima A.P.S, que residia no Jardim Eldorado pilotava uma moto, quando teria perdido o controle do veículo e batido em uma guia de rotatória.
Ainda segundo a polícia, o acidente foi presenciado por um motorista que trafegava com seu automóvel no sentido contrário da pista. O acidente ocorreu por volta das 2h20.
No histórico do boletim de ocorrência consta que o piloto da moto CG Titan, vermelha com placa de Catanduva, a conduzia no sentido Catanduva a Catiguá, quando na rotatória teria perdido o controle, batido na guia da rotatória e caído.
O motorista que presenciou o acidente acionou a polícia. A vítima morreu no local.

Recentes
O Regional noticiou que dois acidentes foram registrados na rodovia Sérgio Luiz Perosa, que liga Pindorama a Itajobi no final de semana. Em um deles uma pessoa morreu.
O primeiro acidente ocorreu na madrugada do último sábado. Conforme informações da polícia, um motociclista de 45 anos morreu no local. A vítima pilotava uma moto no sentido Itajobi a Vila Roberto, quando bateu de frente com um Golf, conduzido por um homem de 31 anos, que vinha no sentido contrário da pista. O motorista do automóvel teve ferimentos leves e foi socorrido para o pronto socorro de Pindorama. O acidente ocorreu no km 9,5. E as causas serão apuradas.
No domingo, outra colisão na mesma via. Conforme informações do boletim de ocorrência, um Gol, conduzido por um homem de 60 anos trafegava no sentido Vila Roberto a Pindorama, quando teria realizado uma conversão a esquerda para entrar em uma propriedade rural e atingido uma Parati que vinha no sentido oposto com dois ocupantes. Um de 20 e outro de 19 anos.
O motorista da Parati recebeu atendimentos e foi encaminhado ao Hospital Padre Albino em Catanduva.
Ainda conforme o boletim de ocorrência, o motorista do Gol passou por teste do bafômetro e foi constatado 0,35 ml de álcool. Além disso, o condutor não possuía Carteira Nacional de Habilitação. Ele foi liberado mas deve responder por lesão corporal culposa, dirigir sem habilitação e embriaguez ao volante.

Karla Konda
Da Reportagem local