Polícia

Maus-Tratos a Gado Resultam em R$ 141 Mil em Multas na Região

Os animais apresentavam sinais de desnutrição (Divulgação/Polícia Ambiental)
Assine O Regional Online

Maus-tratos a gado resultaram em R$ 141 mil em multas na região. O caso foi registrado no último sábado (2) em Paraíso. Dos 47 animais vistos em propriedade rural, dois morreram por desnutrição.
Conforme informações do 1º Tenente Alonso Wendel Ferreira da Silva, comandante da Polícia Ambiental de Catanduva, as equipes teriam recebido denúncia por telefone e foram até a fazenda que fica na cidade que tem 6.369 habitantes.
Silva aponta que um veterinário também foi ao local. Os animais apresentavam sinais de desnutrição. “O proprietário falou que comprou alimentação e não deu mais porque faltou dinheiro e que o pasto estava verde. Mas não foi suficiente para alimentar os animais”, explicou o Tenente.
Um vídeo foi encaminhado a reportagem de O Regional. Nele é possível ver um bezerro deitado no pasto sem forças para conseguir se levantar. Como as imagens são chocantes, o conteúdo não foi disponibilizado na nossa página nas redes sociais.
Os animais também não teriam sido vacinados contra a brucelose. Por conta disso, nenhum gado pode entrar, nem sair, para não contaminar nenhum animal com a doença. Eles devem ser vacinados, alimentados e quando estiverem novamente saudáveis, serão doados ao Hospital de Câncer de Catanduva (HCC). O gado deve ser leiloado em eventos para arrecadação de fundos para a finalização das obras da unidade.
Esse tipo de crime, de maus-tratos a gado, não seria comum na região, mas acontece, conforme aponta Silva. “Vale ressaltar que maus-tratos é crime. O valor da multa é de R$ 3 mil por animal, vítima de maus-tratos. Nosso telefone é o (17) 3531-9610 e está a disposição para o registro de denúncias”, complementa.

Homem multado em R$ 21 mil pelo mesmo crime
No mês passado, um homem foi multado em R$ 21 mil pelo crime de maus-tratos, desta vez a aves. O caso foi registrado em Santa Adélia em uma casa que estaria abandonada na cidade. No total, sete pássaros estariam no local.
As equipes estariam em outra fiscalização, na casa ao lado e teriam ouvido as aves cantarem alto em uma casa com muito entulho e mal conservada. Os policiais procuraram pelo dono da casa e teriam encontrado a mulher dele que teria permitido a entrada. Na residência teriam sido encontradas seis aves nativas e uma exótica. Os pássaros estariam com anilhas falsificadas. Além da multa, o dono da casa deve responder por crime de violação de selo público, no caso pelas anilhas falsificadas.

Cíntia Souza
Da reportagem local