Início - Irmã Reconhece Corpo de Mulher Atropelada em Catanduva
Polícia

Irmã Reconhece Corpo de Mulher Atropelada em Catanduva

Ela foi até o IML realizar o reconhecimento do corpo (Divulgação)

A irmã da mulher que morreu atropelada realizou o reconhecimento do corpo na tarde de ontem (28) em Catanduva. Ela, que mora em Rio Preto, soube de acidente e resolveu ir ao Instituto Médico Legal (IML). O atropelamento foi registrado na noite do último sábado (25).
Conforme informações do boletim de ocorrência, a enfermeira de 44 anos, irmã da jovem, teria dito a polícia que ficou sabendo pelas redes sociais que havia uma mulher sem identificação no IML. Quando chegou ao local teria recebido de uma funcionária as características físicas da irmã e foi levada até o local onde estava o cadáver. Ela fez o reconhecimento e apontou que se tratava de J.C.C de 24 anos. Tatuagens teriam ajudado na identificação.

O acidente foi registrado na rodovia Comendador Pedro Monteleone na noite de sábado em um trecho que dá acesso a Washington Luís. A vítima não carregava documentos pessoais no momento da batida.
Conforme informações da polícia, um carro seguia pela Comendador, sendo que ao passar nas proximidades de um viaduto o motorista teria visto a vítima ajoelhada sobre a rodovia. O condutor, de 47 anos contou que teria tentado desviar para não atingir a mulher, mas por conta da chuva não teria tido visibilidade. A mulher morreu no local. As possíveis causas do acidente serão investigadas.

Cíntia Souza
Da reportagem local