Polícia

Foragido da Justiça Por Estupro é Preso ao Tentar Fazer Nova Vítima

A tentativa de estupro foi registrada no último fim de semana em Novo Horizonte (Divulgação)
Assine O Regional Online

Um homem, foragido da Justiça por estupro, foi preso ao tentar fazer uma nova vítima. O caso foi registrado no último fim de semana em Novo Horizonte. Uma jovem teria sido agarrada pelo pescoço pelo homem que teria tentado tirar a roupa dela.
Conforme informações da Polícia Militar, a vítima, de 19 anos teria dito que estaria voltando para a casa de um clube da cidade, na madrugada, quando teria visto um homem de blusa e boné preto. O homem, de 38 anos, teria seguido na direção da vítima. Ao passar por ela, ele teria voltado e agarrado a jovem pelo pescoço.
O homem teria tentado tirar a roupa da vítima, que teria resistido ao ataque e fugido. Ela teria gritado e parado um carro que passava pelo trecho. O motorista teria socorrido a vítima e a levado até outro bairro da cidade, onde teriam chamado pelas equipes da PM.
As equipes teriam seguido até a rua em que o suspeito estaria e com a descrição do agressor, os policiais militares teriam visto um homem saindo de um terreno próximo ao em que a vítima teria sido abordada. Ele estaria com roupas nas cores relatadas pela jovem.
O homem teria negado o crime, mas teria sido reconhecido pela vítima. Tanto a jovem quanto ele estariam com escoriações. Eles foram levados ao Plantão Policial. Lá, as equipes da Polícia Civil teriam visto que o homem era procurado pela Justiça pelo crime de estupro que teria ocorrido em 2009 na cidade de Borborema. O homem foi encaminhado a Cadeia onde permanece à disposição da Justiça.

Família é feita refém em Catanduva
Na madrugada de ontem (10) uma família foi feita refém em Catanduva, no bairro São Domingos. A vítima, um homem de 36 anos que é comerciante, teria voltado para casa com a esposa e o filho. Quando estacionou, ele teria sido abordado por uma dupla que estaria armada e encapuzada.
Os criminosos teriam anunciado o assalto. Todos teriam sido levados para a casa onde foram amarrados com fios de telefone. Os suspeitos levaram R$ 4.500 documentos, joias, perfumes e celulares.
O carro da vítima foi levado na fuga pela dupla e encontrado pouco tempo depois no Residencial Anuar Pachá. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Cíntia Souza
Da reportagem local