Polícia

Com 13 Registros em Novembro, Roubos Aumentam 62% em Catanduva

Os furtos chegaram a 1.313 ocorrências de janeiro a novembro de 2017 (O Regional)
Assine O Regional Online

Com 13 registros em novembro, os roubos aumentaram 62,5% em Catanduva. O resultado é feito com base nas estatísticas da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do comparativo com outubro que registrou oito roubos. No acumulado de janeiro a novembro do ano passado, foram 164 crimes do tipo na cidade.

Até o momento, julho e outubro contabilizam a menor quantidade de roubos em Catanduva. Com oito casos cada. Na sequência estão os meses de abril e agosto com nove casos contabilizados. Em terceiro aparece junho com 11 roubos. Em contrapartida, o maior registro ficou para janeiro (32), seguido de fevereiro (24) e de maio (19).

Apesar do aumento no comparativo com os dois últimos meses divulgados em 2017, os números são menores do que o visto em 2016. Isso porque, só em novembro do ano passado foram 25 ocorrências do tipo. Número 92% maior do que o do ano passado. No acumulado de janeiro a novembro foram 221 roubos. 57 casos a mais do que o visto em 2017 em Catanduva.  Quando se inclui dezembro de 2016 esse número sobe para 256, já que naquele mês foram 35 ocorrências do tipo. A maior quantidade no ano. O segundo período com mais registros foi abril (29), seguido de fevereiro (27).

Os menores casos de roubo em 2016 foram vistos em junho com 10 ocorrências, seguido de outubro (12) e de maio (13).

Em novembro de 2017 um roubo de veículo foi registrado. Com o resultado, subiu para 12 o número de ocorrências no acumulado de janeiro a novembro do ano passado. No acumulado de janeiro a novembro de 2016 foram 27 ocorrências do tipo. Com uma em novembro. Quando se inclui dezembro sobe para 30 os registros.

Já os furtos chegaram a 1.313 ocorrências de janeiro a novembro de 2017. No último foram 112 registros. Até o momento, fevereiro teve o maior número de ocorrências do tipo, com 134 casos, na sequência aparece maio (133) e em terceiro março (132).  Os meses com menores registros em 2017 foram outubro (94), setembro (102) e julho (105).

No mesmo período de 2016 foram 1.386 casos de furtos contabilizados. 101 deles em novembro. Em abril foram 281 registros, o maior número daquele ano. Na sequência está outubro (128). Quando se inclui dezembro são mais 125 casos, o terceiro maior registro de 2016. Os menores registros foram para fevereiro (99), seguido de setembro (100).

Cíntia Souza
Da Reportagem Local