Polícia

Assaltantes Invadem Casa do Jardim Soto; Um Deles Estava Armado Com Facão

O caso foi registrado no Plantão Policial (O Regional)
Assine

Assaltantes teriam invadido uma casa no bairro Jardim Soto na manhã de ontem (6). Um deles estaria armado com um facão. A dupla estaria procurando a chave da moto. Uma das vítimas conseguiu se esconder no quarto. Eles teriam fugido em uma Biz.
Conforme informações do boletim de ocorrência, quando C.P.B de 35 anos abria o portão da casa onde mora, ela teria sido abordada pelos assaltantes. Um deles estaria com um facão de cortar cana e o segundo dizia que também estaria armado. A dupla anunciou o roubo e teria exigido a entrega da chave de uma moto. A vítima disse que não sabia onde estaria, então os criminosos teriam falado para que ela acordasse o marido, pois ele saberia o local onde a chave estaria.
C teria sido rendida por um dos criminosos e foi levada até o quarto, quando teria conseguido se soltar e se trancar no cômodo. O marido dela teria acordado e gritado que chamasse a polícia. Os assaltantes teriam retornado para a sala da casa e fizeram outra vítima, uma estudante de 19 anos, que havia acabado de chegar ao local para se encontrar com a filha de C. Ela também teria sido questionada sobre a chave da moto e disse que não sabia.
Os criminosos teriam fugido com uma Biz que estava na casa. Eles também teriam levado o celular da estudante. No bagageiro da moto estava a bolsa de C onde havia documentos talões de cheque e cartões. O celular da vítima também teria sido levado. O caso é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Catanduva.
Esse é o quarto roubo registrado em Catanduva nos últimos cinco dias. No último domingo (4) foram dois registros. Um deles ocorreu no centro da cidade. Um homem de 52 anos estaria na cidade a passeio para realizar compras. Ele teria conhecido uma mulher e teria combinado de ir até a casa dela.
Quando teriam chegado a um lugar escuro, ela teria pedido dinheiro para realizar um programa sexual e teria se escondido em um matagal. Ali a vítima teria sido abordada por três homens que teriam levado a carteira do homem, além de documentos, cartões de banco, R$ 60 em dinheiro e um celular. O caso é investigado.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local