Peneira Fina

PENEIRA FINA – 30/08/2019

Mais habitantes

Estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que Catanduva tem 652 habitantes a mais do que em 2018. No ano anterior, a cidade mantinha 121.210 moradores.  Número aparentemente pequeno, mas superior a anos anteriores. Isso porque em 2017, a população estimada de Catanduva era de 120.691. Portanto, naquele ano houve um aumento populacional de 519. Em 2016 para 2017, o aumento foi de 599 moradores.

 

Mas o que isso importa?

Importa porque é por meio da quantidade de habitantes que o Governo Federal faz os repasses aos municípios. Quanto maior a população, maior é também os repasses em índice de participação.

 

Onde estão?

O IBGE faz cálculos em cima de metodologias e não de pesquisa casa a casa. Por isso se trata de uma estimativa. O último censo realizado foi feito em 2010. A cada ano, uma nova pesquisa é feita pelo instituto, que traça um perfil de cada município brasileiro.

 

Arquivado

Depois de toda a polêmica ocorrida com a ausência de médicos no Centro de Especialidades Médicas, flagrada no ano passado por conselheiros da saúde. A promotoria arquivou o inquérito que investigava o caso. Na justificativa, a aposentadoria do médico que não estava presente no horário que era para estar e também porque ele teria atendidos os pacientes agendados para aquela data.

 

Passado isso

A prefeitura de Catanduva também “resolveu” a situação alterando o horário dos médicos, com uma redução de jornada de 4 para duas horas diárias. E, segundo informações, o atendimento dos pacientes não foi prejudicado. Até o momento, não houve reclamação sobre a mudança, que ocorreu neste ano, depois de aprovação do projeto de lei.

 

Captação de coração no HPA

A assessoria de imprensa do Hospital Padre Albino esclarece sobre a matéria publicada na edição de ontem, a respeito da cirurgia de captação de coração para transplante. Este procedimento já foi realizado no hospital anteriormente. A captação inédita informada na matéria trata-se de válvulas cardíacas para transplante.

 

Conjuntura

A Prefeitura de São José do Rio Preto vai apresentar hoje a Conjuntura Econômica do município de 2019. A divulgação feita pela cidade, nos faz lembrar do tempo em que Catanduva também apresentava esse estudo, traçando um perfil bem completo do município.

 

Falando em Rio Preto

É bom quem estiver visitando a cidade vizinha recentemente se prevenir e, aqueles que não tomaram a vacina contra o sarampo, se imunizar. A  Secretaria de Saúde de Rio Preto confirmou mais dois casos de sarampo, sendo ambos do sexo masculino, um com idade de 02 anos com uma dose da vacina. O segundo caso tem idade de 53 anos, profissional de saúde e sem história de vacina.  Rio Preto totaliza até agora 18 casos de sarampo.

 

Parkour

O vereador Cidimar Porto elaborou requerimento no qual solicita ao Executivo o envio de cópia de processo que solicita a construção de uma pista de parkour no Parque dos Ipês.  Para quem não conhece, objetivo do parkour é se deslocar de um ponto a outro de modo rápido e direto, sem desviar de obstáculos como muros, vãos ou carros. Eles devem ser transpostos com manobras que envolvem saltos, escaladas e nenhum equipamento além do próprio corpo.

 

Acessibilidade

O vereador Ditinho Muleta elaborou requerimento solicitando a prefeita Marta Maria do Espírito Santo Lopes a possibilidade de ampliar ou proporcionar acessibilidade ao prédio da Secretaria Municipal de Saúde.

 

Entrega

Ontem foi realizada mais uma entrega de moção de aplausos. O vereador Aristides Jacinto Bruschi foi até o 30º Batalhão de Polícia Militar do Interior (30º BPMI) e entregou a homenagem ao tenente coronel Fabrício Marchi Tiago, comandante do Batalhão.  A moção é referente ao estudo que apontou Catanduva como uma das cidades mais tranquilas do país.

No Senado

Os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, se reuniram nesta quinta-feira (29) para fechar o acordo de votação da chamada PEC paralela nas duas Casas até o final do ano. O relator da reforma da previdência, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), participou do encontro. Foi ele quem sugeriu a inclusão de estados e municípios na reforma por meio de um texto alternativo que será analisado primeiramente no Senado.