Início - PENEIRA FINA 25/05/2021
Peneira Fina

PENEIRA FINA 25/05/2021

Divulgação

FASE 5
A Fundação Padre Albino (FPA) emitiu na semana passada uma nota em que diz que acionou a Fase 5 do Plano de Enfrentamento, elaborado no início da pandemia. Isso significa que, com a evolução do contágio – quando o número de pacientes infectados que necessitavam de internação cresce em proporção maior que a capacidade do sistema de saúde tem de absorvê-los – foram disponibilizados mais 15 leitos de UTI exclusivos para COVID-19, que se juntaram aos 20 outros já existentes. Segundo a instituição, esse escalonamento foi possível após autorização do Departamento Regional de Saúde (DRS-XV) para desmobilização de 87 leitos de Enfermaria Geral do Hospital Emílio Carlos e aos mais de R$ 2,5 milhões alcançados através da campanha “Empresas que Salvam”, iniciativa da FPA, AEC (Associação de Assistência ao Hospital Emílio Carlos) e Família Sanches Fernandes.

ESCASSEZ
A FPA aproveitou para salientar que a criação de leitos não depende somente de equipamentos ou investimentos financeiros, “mas de reorganização da rede de saúde e realocação de profissionais que hoje estão em escassez, pois há dificuldade de contratação (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas com propriedade técnica para atendimento à COVID)”. Segundo a fundação, houve transferência dos colaboradores para assistência na nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI), porém foi insuficiente.

ERRATA
Em nota divulgada nessa coluna sobre o pagamento do dissídio aos servidores, dois erros chamam a atenção e, portanto, aproveitamos o mesmo espaço para repará-los. A data correta do pagamento do benefício será no dia 31 de junho e não 31 de julho, conforme havíamos noticiado aqui. Outro fato diz respeito à competência desse pagamento, ou seja, a dívida aos servidores que estão na ativa será paga pela prefeitura e não pelo IPMC. Aos leitores e envolvidos no assunto, lamentamos o ocorrido e pedimos desculpa pelos equívocos.

“REVIGORADO”
Quem já está de volta à ativa é o vice-prefeito de Catanduva, Cláudio Romagnolli, após dias afastados, com diagnóstico de covid. Mas, ontem (24) ele retornou ao ‘eito’, sendo recepcionado pelo próprio prefeito, como anunciou a assessoria. Segundo o departamento, o vice – que permaneceu ativo nas redes sociais durante o período – voltou “revigorado” e foi recebido “de braços abertos, pelo Prefeito Padre Osvaldo, no gabinete”.
Desejamos um ótimo retorno a ele, mas lembramos que abraço ainda não pode, hein?!
DESNCESSÁRIO
Toda fake news, sem dúvida, é desnecessária e pode causar grandes transtornos. Mas as que envolvem condições de saúde de alguém – na maioria das vezes, delicadas – é algo muito sério. Dessa vez o alvo foi Walter Agudo Romão, cuja notícia mentirosa de sua morte circulou pelas redes sociais. O secretário de planejamento segue internado no Hospital da Unimed, em Catanduva, para tratamento da Covid-19. A família chegou a enviar mensagens, solicitando o compartilhamento do real estado de saúde dele, reforçando que “continuemos em oração pelo seu pronto restabelecimento”.

BLITZ
Pontuamos aqui, recentemente, sobre a ‘timidez’ das ações da Vigilância Sanitária em Catanduva. Pois bem, não é que houve blitz nos bares no final de semana? Pelo visto, foi algo suave, só pra não dizer que não falei das flores, ou seja, só serviu para orientação aos comerciantes. Na ocasião, foram fiscalizados 31 estabelecimentos, com reforço dos agentes sobre as regras de funcionamento e cumprimento de protocolos de prevenção à Covid-19. Mas, vem cá: com tanto desrespeito – visível – às normas de segurança, a equipe ainda sai em campo apenas para orientar?

SAIDINHA
Nessa segunda-feira (24), foi dia de os presos beneficiados pela ‘saidinha’ de maio retornarem às unidades. Dessa vez, o calendário foi excepcional, devido à pandemia, e as liberações aconteceram de 18 até 24 de maio. Apenas na região, 1684 pessoas tiveram a concessão do direito, concedido a condenados que cumprem pena, definitiva ou provisória, em regime semiaberto. A SSP deve anunciar em breve o índice de não retorno dos reeducandos, que costuma acontecer em todas as ocasiões.
LUZ SOBRE O ASSUNTO
Quem passa pelo prédio do Paço Municipal pode constatar a sutil mudança: a iluminação foi alterada para a cor amarelo, em alusão à campanha Maio Amarelo. Dessa vez, o mês temático chama a atenção para uma importante causa: a prevenção aos acidentes de trânsito. Segundo a prefeitura, “essa é mais uma ação desenvolvida no município em prol da vida e do respeito entre motoristas, motociclistas e pedestres”, destacou nas redes sociais.