Início - PENEIRA FINA 24/01/2021
Peneira Fina

PENEIRA FINA 24/01/2021

PREFEITURA ENDIVIDADA
Padre Osvaldo recebeu uma herança maldita em sua gestão. As dívidas deixadas pelas administrações anteriores são enormes. São dívidas em dólar, dívidas com o IPMC, dívidas já contraídas com serviços e obras que seriam dispensáveis, enfim, a situação é muito diferente do que a ex-Prefeita Marta tentou pintar ao sair da Prefeitura. Não fosse o congelamento de salários e benefícios dos servidores municipais, efetuado por lei de Bolsonaro, a Prefeitura não teria conseguido honrar pagamentos básicos.

SERVIDORES ESTÃO PAGANDO A CONTA
Não precisa ser nenhum expert para verificar que a Prefeitura deixou de pagar mais de R$ 15 milhões para os servidores em virtude do congelamento dos vencimentos. Marta se beneficiou do congelamento para cumprir obrigações da Prefeitura, mas à custa do suor dos trabalhadores do Paço Municipal. Esta coluna presta solidariedade a esta categoria que sempre carregou o piano na Administração e, mais uma vez, é penalizada.

E CONTINUA NESTE ANO
Mas o prefeito parece que não entendeu ainda a situação financeira da Prefeitura. Tudo bem que mesmo estando congelados os salários dos servidores neste ano, o que resultará mais uma vez em injusta “economia” na folha de pagamentos, pois, o Prefeito manteve o aumento da água, IPTU e demais tributos, aplicando a correção em mais de 3%, no lombo do contribuinte! Aposentados “em cargos” corroboram para que esse rombo e ainda tiram vagas dos mais jovens que ainda não tem renda.

CARGOS EM COMISSÃO
Osvaldo de Oliveira Rosa optou por preencher todos os cargos em comissão existentes na Prefeitura. Não deixou de nomear os gestores das pastas. Dessa forma ele não praticou seu discurso de redução de gastos. De diminuição da máquina administrativa. Seus eleitores já começam a se manifestar nas redes sociais, cobrando mais austeridade no trato com dinheiro público. Em plena pandemia é hora de menos amigos políticos e mais eficiência! Prefeito terá de mostrar se atuará como gestor ou político nesta fase que Catanduva enfrenta!

COMISSIONADOS APOSENTADOS
Da mesma forma, a prática adotada há anos de nomear para cargos em comissão pessoas que já se aposentaram no serviço público, com altos salários, no teto do salário de Prefeito, para continuarem com a boquinha é inadmissível e “sangra o caixa da prefeitura”! Temos que oxigenar a Administração com novas pessoas e novas ideias. O ideal é que o alcaide faça essas pessoas largarem o osso! Não cometa os mesmos erros de outros Prefeitos! Tal atitude não deixará esses inúmeros servidores desamparados, pois já ganham o teto (13 mil aproximadamente). É preciso “desmamar bezerrões que já estão bem gordos”.

LISTAGEM
Os catanduvenses podem acompanhar a quantidade de nomeações tanto de servidores que fazem parte do quadro efetivo para cargos como chefes, quanto às de livre nomeação nas edições do Diário Oficial do Município. Somente na semana passada foram dezenas de portarias de nomeações publicadas.

ACUMULAÇÃO
Richard Casal, jornalista, que atua na Secretaria de Administração da Prefeitura também acumula o setor de comunicação social da administração. Esta é uma das portarias publicadas na última quinta-feira.

CADA PASSO, UM FLASH
O catanduvense estava desabituado com a avalanche de publicações da administração municipal com a participação de prefeito. Na gestão passada, uma das críticas envolvia justamente a ausência de manifestação de Marta ou de Macchione sobre diferentes temas. Numa postura completamente diferente, o atual prefeito, a cada passo dado envia textos e fotos para a imprensa. Cada reunião, cada visita, cada andança está lá pelas redes sociais e divulgação maciça aos órgãos de comunicação. Mas mais importante que divulgar é realmente essa “correria” toda dar resultados no futuro. Estaremos acompanhando.

RETIRADA DOS PROJETOS
Com a decisão de retirada do projeto que alterava diversos artigos da Lei Orgânica do Município, com certeza, o Executivo tem estudado ou planejado outra maneira de conseguir “encaixar” o vice-prefeito Claudio Romagnolli como superintendente da Saec. Essa é uma mudança que o prefeito e o próprio vice nunca esconderam que queriam, nem mesmo antes no início do governo. Em dezembro já divulgavam que encaminhariam proposta para que o vice pudesse ser legalmente direcionado para administração direta ou indireta. Tanto é que Renato Stucchi está como superintendente da Saec de forma interina, como a portaria de nomeação diz.
PREFEITO NO ESTÁDIo
O Prefeito de Catanduva, Osvaldo de Oliveira Rosa, conferiu, in loco, o início da manutenção dos serviços no Estádio Municipal Silvio Salles, neste sábado, dia 23. A pedido do Prefeito, o local será alvo de melhorias em suas dependências. O campo já está recebendo trabalhos de roçagem. O serviço conta com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura. Outras equipes serão acionadas conforme verificadas as necessidades de reparos e intervenções no local, durante a semana que vem. “O estádio irá receber o devido cuidado. Vamos recuperar esse patrimônio da nossa cidade”, afirmou o prefeito.