Peneira Fina

PENEIRA FINA 12-09-2017

(Reprodução Facebook)
Assine O Regional Online

Até que enfim!
Depois de mais de 8 meses de mandato, várias audiências na capital, enfim uma resposta positiva para desemperrar a reforma do Teatro Municipal Aniz Pachá. “Começamos a semana com uma boa notícia. Acabo de assinar, em São Paulo, o aditamento contratual para concluir a reforma do Teatro Municipal Aniz Pachá. O documento foi assinado pelo secretário adjunto da Justiça e da Defesa da Cidadania, Luiz Souto Madureira, presidente do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID). Também esteve presente o assessor técnico Elnatan Ferreira de Oliveira e nosso secretário de Desenvolvimento, Fabio Manzano. A obra chegará a R$ 2,9 milhões”, comentou o prefeito nas redes sociais.

Atrasada
A reforma do teatro deveria ter terminado no começo deste ano. Segundo informações transmitidas ao jornal pela Prefeitura no mês passado, a previsão inicial de término era dia 7 de janeiro. Considerando que já estamos em setembro, muito provavelmente, não ficará pronto até o próximo 7 de janeiro.

Mais dinheiro
Inicialmente contratada por R$ 2.278.792,84, atingindo o valor citado pelo prefeito, o valor da obra terá aumentado 27%. Depois do contrato fechado a obra teve autorizado um primeiro aditamento de cerca de R$ 200 mil e agora, na previsão do chefe do Poder Executivo, subirá mais um pouco.

Está em todas
Nos bastidores, o comentário que circula é que o secretário de Desenvolvimento Fábio Manzano seria o novo ‘coringa’ do prefeito Macchione. A constatação parece inevitável já que o secretário circula por praticamente todas as áreas do Governo. Desde dinheiro para o teatro a até reunião com empresários para discutir isenção de impostos para empresas.

Em Catanduva
Os petistas da cidade tiveram visita no pós-feriado. Trata-se do deputado federal José Mentor (PT). A recepção ficou a cargo do ex-vereador Marcos Ferreira (PT). A ausência sentida, pelo menos nas fotos, foi da deputada estadual da legenda, Beth Sahão. Segundo o ex-vereador, a parlamentar não teria participado da recepção porque estaria se recuperando de procedimento médico. “Foi muito bom mesmo, faltou nossa deputada Beth que fez cirurgia e não pode estar presente, mas representei nossa Beth”, comentou.

Fez questão
O ex-vereador fez questão de compartilhar com a militância fotos do evento em suas redes sociais. “O deputado esteve presente em Catanduva onde tivemos um encontro com amigos e lideranças politicas de Catanduva e região. Mentor debateu e fez uma analise brilhante sobre o momento politico atual do Brasil e afirmou apoio para nossa cidade”, escreveu Marquinhos.

7 de Setembro
As celebrações pela Independência do Brasil, em Catanduva, não reuniram grande público. Neste ano a celebração aconteceu na data do feriado. Nas redes sociais, o prefeito interagiu com internautas que comentaram sobre a ausência das bandas da cidade e a falta de desfile. “Isso está nos nossos planos para o ano que vem, que é o Centenário da cidade’, respondeu sobre o desfile cívico em avenidas.

Otimismo
A deputada Beth Sahão (PT) reconheceu que o momento não é para grandes comemorações no País. Sem mencionar nomes ou fatos, a parlamentar pregou o otimismo e a civilidade em postagem pelo Dia da Independência.

“Sabemos que, diante das notícias terríveis que chegam todos os dias e da crise permanente que assola a nação, é difícil encontrar motivos para celebrar algo. Mas é nos momentos de maior dificuldade que temos de buscar forças para nos superar. Falar que ama o país, qualquer um pode falar. O que precisamos, no entanto, é de atitudes concretas. Precisamos nos unir e lutar para que tenhamos um Brasil soberano e que retribua o amor que seus filhos e filhas lhe dedicam: com educação e saúde de qualidade, habitação digna, emprego e renda para todos”
– BETH Sahão, deputada estadual.

Em Tabatinga
O deputado federal Sinval Malheiros Pinto Júnior (Podemos) receberá mais uma homenagem. Agora é em tabatinga que o deputado recebeu moção de apoio a projeto de sua autoria, Projeto de Lei (PL) 6564/2016, que declara a “Feira do Bordado de Ibitinga” como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

Da Redação

Patrocinado:




Adicionar comentário

Clique aqui para comentar