Peneira Fina

PENEIRA FINA 11-10-2017

(Facebook Júlio Ramos)
Assine O Regional Online

R$ 27,847 Milhões!
O Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) divulgado nesta semana pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) evidencia o tamanho rombo nas contas públicas no final de 2016. Conforme o relatório do órgão, o resultado orçamentário do último ano de governo do ex-prefeito Geraldo Antônio Vinholi (PSDB) foi negativo em R$ 27,847 milhões. O TCE aponta que a arrecadação somou R$ 398,749 milhões no ano passado, mas o Governo gastou mais do que recebeu: R$ 426,597 milhões.

Série negativa
O rombo apontado pelo TCE para 2016 é R$ 11,820 milhões maior do que o déficit que já tinha sido apurado pelo tribunal no ano anterior. No penúltimo ano de Governo Vinholi arrecadou R$ 375,391 milhões e gastou R$ 391,419 milhões. No ano anterior, entretanto, o resultado tinha sido positivo em R$ 3,515 milhões.

Caiu
Apesar de custar razoavelmente caro para a cidade, o Índice de Efetividade do Município no quesito saúde apresentou queda no ano passado em relação ao período anterior. Conceito máximo na pesquisa nas duas edições anteriores, a cidade caiu para o conceito ‘B+’ que ainda é positivo, mas denota algum retrocesso. Somente os dois contratos de gestão em vigor no setor custam mais de R$ 40 milhões ao ano aos cofres públicos. E a conta vai aumentar já que a nova licitação dos postos de saúde prevê gastos de mais de R$ 30 milhões que devem se somar aos R$ 15 milhões da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Uniformizados
Os vereadores decidiram ir uniformizados à sessão ordinária desta semana. As camisas eram do Grêmio Catanduvense de Futebol, sendo que a do presidente Aristides Jacinto Bruschi (PEN) e de alguns vereadores eram vermelhas. Vale lembrar que até mesmo os vereadores da base governista vestiram a camisa Gremista, literalmente. “Eu não poderia deixar de vestir essa camisa”, disse Cidimar Roberto Porto (PMDB) na tribuna.

Futebol
Desde a última semana, o prefeito vem sendo alvo de críticas da diretoria do Grêmio e da torcida organizada por suposto apoio a iniciativa do padre Osvaldo de Oliveira Rosa de montagem de outro time de futebol na cidade. Seria o uniforme dos vereadores um protesto também contra o suposto apoio de Macchione ao projeto do padre?

Mais prazo
O vereador Luís Carlos Pereira da Conceição (PSDB) pediu e os colegas aprovaram por unanimidade nova prorrogação de prazo da Comissão Especial de Inquérito (CEI) instalada no começo do ano para investigar a cobrança de taxa complementar do lixo. Apesar de a CEI ainda estar sem previsão de término dos trabalhos, os catanduvenses já pagaram a taxa nos primeiros meses do ano.

Relembrando
A taxa complementar de lixo foi lançada em dezembro de 2016 pelo ex-prefeito sob alegação de que o atual prefeito Afonso Macchione Neto (PSB) teria elevado o valor ainda em seu segundo mandato, mas não teria cobrado o valor correto nos anos de 2011, 2012 e 2013.

Requerimento
O vereador Alexandre de Jesus Martin (PV), o Bellê, não perdeu tempo e já apresentou requerimentos ao prefeito. Um deles, lido na sessão de terça-feira, dia 10, pede informações sobre estudos para a instalação de lombo-faixas na frente de novo supermercado da cidade. A sessão de ontem foi a segunda do vereador que foi empossado para cumprir os 31 dias de afastamento de Daniel Palmeira de Lima (PR).

Verbal
O vereador Antônio Altamir Ferreira (PT), o Gaúcho, fez dois requerimentos verbais na sessão desta semana. No primeiro requerimento pediu cópia na integra de pregão presencial realizado no mês de julho. O objeto seria serviços de telefonia e internet segundo o vereador. Outro requerimento verbal do vereador pede cópia integral de contrato de manutenção e também informações sobre a viatura do Corpo de Bombeiros que estaria parado em uma retífica da cidade.

FOTO – Em São Paulo
O ex-vereador Júlio César Forte Ramos (PSD), assessor da Fundação Para O Desenvolvimento da Educação (FDE) contou nas redes sociais sobre a visita do presidente da Câmara de Vereadores, Enfermeiro Ari, na semana passada. “Na oportunidade, o vereador apresentou importantes demandas para o nosso município, como um novo veículo para o transporte de alunos e a reforma do prédio da ETEC Elias Nechar. Fomos eleitos juntos em 2012, coincidentemente, o comitê da coligação que ele foi eleito era em frente minha casa”, relembrou Ramos que disputou a prefeitura em 2016.

Agora é oficial
O Imprensa Oficial do Município de terça-feira, dia 10, trouxe as portarias de nomeação do novo secretário de Administração, o advogado Fernando Elias de Carvalho. A nomeação foi informada em primeira mão pela reportagem de O Regional na edição de domingo passado. Também foi publicada a portaria de nomeação de Daniela Aparecida Gonçalves Arieta para a Gestão de Gabinete, ela respondia pela Secretaria de Administração e deve acumular o gerenciamento de Habitação.

Da Redação



Adicionar comentário

Clique aqui para comentar