Peneira Fina

PENEIRA FINA – 11/01/2019

Passando o facão
Parte das exonerações realizadas pelo prefeito Afonso Macchione Neto foram publicadas ontem no Diário Oficial de Catanduva. Do alto escalão, por enquanto, apenas uma exoneração de fato ocorreu. Houve mudanças entre nomes já mantidos em secretarias, mas nomes conhecidos da administração Macchione permanecem, nem todos com salários de secretários, mas sim de diretores, mas com a incumbência de responder pelos setores. É o caso de Daniela Arieta e Adriana Bonjovani, que tinha deixado a secretaria de planejamento com Marta e agora retorna como diretora da pasta. Exonerações ocorreram mais nos cargos de diretores e alguns chefes de divisão. Ao que parece, a reestruturação ainda continua.

Não gostaram
Algumas das exonerações feitas por Macchione já haviam sido informadas no período da tarde de ontem. Pelas redes sociais e aplicativos de conversação, muitos servidores questionaram a escolha do prefeito para a saída de alguns servidores. Um deles foi o diretor da Saúde.

Danos
A chuva que caiu na última quinta-feira causou danos em diversos pontos da cidade. Um deles, na rua Abaeté, no Santa Paula, próximo a nova ponte do córrego das Borboletas. No local, já havia reclamações de que o asfalto começava a ceder e, agora, a erosão ficou ainda maior. Moradores pedem uma sinalização mais eficaz para aquele trecho, principalmente para que motoristas enxerguem melhor no período noturno.

Upa lotada
O ex-vereador Marquinhos Ferreira, que é um dos possíveis nomes como pré-candidato em busca de retornar a Câmara de Catanduva, usou as redes sociais para falar sobre o número de dengue na cidade e a lotação de pessoas com suspeita da doença na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “Estive ontem na UPA e fiquei espantando com número de pessoas com suspeita de dengue , esse assunto é muito preocupante , nossa cidade está abandonada mato e lixo por todo lado , o atual governo não tem estratégia para combate do mosquito e deixou a cidade chegar nesse estado de calamidade , também é preciso fazer a conscientização da população . Quem sofre é povo é a periferia com a UPA lotada até cabeça”.

Rodovia
Do mesmo partido, a deputada Beth Sahão fez um post sobre os danos causados no asfalto da rodovia Washington Luis em Fernando Prestes. “Vergonhoso. Imaginem o prejuízo que essa situação não está provocando! Vale lembrar que esse trecho da Washington Luís tem um dos pedágios mais caros de todo o Estado. Ainda que tenha chovido muito nos últimos dias, com o tanto que a concessionária arrecada da população, o mínimo que se poderia esperar é que a rodovia estivesse preparada para suportar esse tipo de problema”.

Ele não foi
Quem esperava vídeos do vereador Aristides Jacinto Bruschi em locais que se danificaram com a chuva e em pontos que foram realizadas galerias, passou pela “timeline” do vereador e não encontrou. Brincadeiras, à parte, o parlamentar fez o seu último vídeo no dia 03 de janeiro falando sobre os riscos de uma epidemia de dengue e orientando também os catanduvenses sobre a limpeza de seus quintais, assim como cobrando a limpeza por parte da administração pública.

Alguém se identifica?
Uma velha conhecida de Catanduva. A Prefeitura de Itapeva notificou a concessionária Jundiá Transportadora Turística Ltda, da rescisão do contrato nº 236/2012, a partir do dia 1º de fevereiro de 2020. O Poder Executivo tomou essa decisão, informando que a empresa teria descumprido diversos itens do referido contrato. Também consideraram supostas reclamações a respeito dos serviços prestados, como pontualidade, acessibilidade às pessoas com deficiência, transporte em condições com completa ausência de segurança, elencadas pelo presidente do Conseg – Conselho de Segurança Pública, anexadas na notificação. De acordo com a Prefeitura, o serviço de transporte público, atualmente, é inadequado, não satisfazendo as condições de regularidade, continuidade, segurança, atualidade, generalidade, cortesia na sua prestação e em especial a valor cobrado das tarifas.

IPTU
A prefeitura divulgou ontem que vai ter início a entrega dos carnês do IPTU aos contribuintes. Afirmou ainda que o imposto não terá aumento real e somente a correção monetária do ano, em 3,27%. Que para alguns catanduvenses já é considerado um reajuste razoável. Afinal, com dados de 2017, Catanduva era a 96ª cidade com o IPTU per capita mais caro do país, segundo o anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do País”. No total, 5.568 municípios fazem parte do estudo.

IPC
O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de famílias majoritariamente compostas por indivíduos com mais de 60 anos de idade, registrou no quarto trimestre de 2019, variação de 1,19%. Em 12 meses, o IPC-3i acumula alta de 4,18%. Com este resultado, a variação do indicador ficou acima da taxa acumulada pelo IPC-BR, que foi de 4,11%, no mesmo período. Na passagem do terceiro trimestre de 2019 para o quarto trimestre de 2019, a taxa do IPC-3i registrou acréscimo de 0,71 ponto percentual, passando de 0,48% para 1,19%. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A principal contribuição partiu do grupo Alimentação, cuja taxa passou de -1,76% para 3,11%. O item que mais influenciou o comportamento desta classe de despesa foi carnes bovinas, que variou de 26,03 no quarto trimestre, ante 1,89%, no anterior.

Regras
O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (10) novas regras de lançamento e aproveitamento de créditos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para aquisição de máquinas e equipamentos utilizados pela agroindústria de São Paulo. A medida, segundo o governo, beneficia setores importantes, em especial o agronegócio e a indústria alimentícia, como produtores de frutas secas desidratadas, fabricantes de biscoitos e bolachas, massas alimentícias, laticínios e outros, com impacto em toda a economia do estado. “As medidas que o Governo do Estado anuncia vão proporcionar o crescimento dos setores que industrializam massas, laticínios, derivados de laranja, assim como biscoitos e outros produtos dentro destes segmentos, aumentando a capacidade de produção, a competitividade e a oferta no mercado”, disse Doria.

Da Redação