Peneira Fina

PENEIRA FINA – 09/02/2019

Ônibus alugados
A prefeitura não informou, mas segundo entrevista do prefeito Afonso Macchione Neto, há alguns dias sobre o transporte coletivo a partir do dia 11, quando as aulas municipais começam depois de serem adiadas, até o dia 14, quando a Via Sol assume em contrato emergencial, os ônibus seriam alugados da própria empresa, que já estariam na cidade ou por quilômetro rodado ou com pagamento por dia. A quantidade de veículos alugados também não foi informado. Fato é que se já há especulações e até mesmo investigação para saber como a prefeitura tem arcado com as despesas dos ônibus municipais (Frota escolar), o aluguel dos ônibus particulares também não deve passar em branco.

Perguntas
Quais os procedimentos foram tomados? Houve uma analise sobre os valores cobrados para os alugueis dos ônibus? Um orçamento de outras empresas ou donos de ônibus? Quanto a prefeitura vai pagar por esses três dias? E os funcionários que serão utilizados receberão horas extras se passarem do seu horário de expediente? O aluguel dos ônibus inclui o abastecimento? Ou a prefeitura segue utilizando contrato com os postos de Catanduva para encher os tanques de óleo diesel dos ônibus?

Pagamento
O Diretor Superintendente do IPMC comunica que os pagamentos serão centralizados no Itaú Unibanco S/A a partir de março deste ano. Até o dia 15 de março de 2019 todos os aposentados e pensionistas do IPMC deverão providenciar abertura de conta salário (sem cobrança de tarifa), em agências do Itaú Unibanco S/A. As contas deverão ser abertas na seguinte conformidade: Servidores cujos nomes sejam iniciados pelas letras de A a K, agência nº 8041 – Rua Alagoas, 176. Servidores cujos nomes sejam iniciados pelas letras de L a Z, agência nº 0261 – Praça da República, 93 Os servidores que já possuam contas no Itaú Unibanco S/A precisarão comparecer às agências para autorizar o recebimento de benefícios do IPMC. Os aposentados e pensionistas do IPMC serão contatados pelos funcionários do IPMC, que irão agendar dia e hora para abertura das contas.

Aditamento
A prefeitura de Catanduva aditou o prazo para que a empresa KGP, de Bady Bassitt, conclua obras de pavimentação asfáltica, guias, sarjetas e sinalização viária na avenida Daniel Soubhia, entre as ruas dos Girassois e Itaipu, por 120 dias. Com isso, a previsão é de que a obra termine em março deste ano.

Passando chapéu
O vereador Onofre Baraldi participou ontem de uma reunião com o Deputado Federal, Luiz Carlos Motta, em Avaré. Texto encaminhado pela assessoria da Câmara informava sobre o encontro marcado para sexta-feira. Baraldi informou que buscaria pedido de emenda parlamentar para a execução de pavimentação asfáltica no bairro Raul de Carvalho. “O que me enseja a esta solicitação, é que o bairro Raul de Carvalho é um dos poucos bairros de Catanduva que não possuem asfalto em quase sua totalidade”.

O bairro
“O bairro Raul de Carvalho possui imóveis residenciais e um número significativo de pequenos e médios empresários, e eles há muito tempo vêm reivindicando por esta melhoria, e nada mais justo do que levar esta melhoria para os moradores que tanto necessitam da pavimentação no deslocamento diário, afinal eles pagam impostos, geram empregos e contribuem com o nosso município. Sabemos da importância da infraestrutura urbana e que ela traz qualidade de vida aos munícipes”, disse o parlamentar.

Pesquisa
A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) divulgam na segunda-feira, os resultados da pesquisa Rumos realizada com a indústria paulista sobre desempenho da indústria no segundo semestre de 2018; como os resultados das eleições impactaram as expectativas da indústria paulista para 2019; e perspectivas para este. A divulgação será feita pelos sites www.fiesp.com.br e www.ciesp.com.br

Interdição
A SAEC (Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva) informa que na segunda-feira, dia 11, realizará a substituição de ramal de água na rua Bahia, 119, entre as ruas Pará e Brasil. Para que a obra possa ser executada, a autarquia deverá interditar temporariamente o trânsito entre às 7h e 11 horas.

Será que precisa desenhar?
Não demorou muito para o vereador Aristides Jacinto Bruschi retornar a rua Antonio Girol para falar sobre as obras de galerias que estão sendo construídas. E ele utilizou praticamente a mesma forma usada pela administração para justificar o descontentamento com a situação. “Serviço de péssima qualidade, gostaria de desenhar para o prefeito Afonso. É uma irresponsabilidade, um absurdo o que está acontecendo”.

Pode fazer parte
Fato é que desmoronamentos podem ocorrer enquanto obra tem sido realizada. Mas a prefeitura não pode negar que a situação causa transtorno e descontentamento dos moradores. Até porque basta chover para que toda a camada de asfalto se rompa. No caso até mesmo calçadas. E quem tem veículo para guardar na garagem, como fica? E a segurança desses moradores para saírem de suas casas? Talvez, os problemas seriam menores se a obra fosse realizada em período de menos chuvas…

Da Redação

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar