Peneira Fina

PENEIRA FINA – 08/05/2019

Assine

Antes tarde…
A Prefeitura de Catanduva divulgou ontem que finalizou o processo de regularização de imóveis sem escritura. Foram três décadas de espera e agora 237 famílias poderão registrar imóveis do Jardim Alpino e Santa Rosa. A novidade era aguardada pelos moradores, já que não havia um registro, pelo menos documento que confirmasse a posse dos imóveis. Mas vale ressaltar que o procedimento não está completamente finalização, já que cabe aos moradores a procurarem a prefeitura para a emissão de certificado e ofício para serem encaminhados para o cartório e a partir de então o processo ser finalizado.

Manualmente
O ataque cibernético aos sistemas da Superintendência de Água e Esgoto de Catanduva (Saec) segue dando trabalho para as equipes. O vírus de computador invadiu os sistemas na última quinta-feira e desde então vem “causando”. Por conta do ataque, as leituras das contas de água estão sendo feitas manualmente nas casas. “Assim que o sistema for restabelecido, as faturas serão emitidas e entregues, uma a uma, nas residências”, informou a Saec em comunicado. As equipes técnicas trabalham para restabelecer a situação, mas enquanto isso, caso o contribuinte precise de informações urgentes, deve se dirigir ao prédio da Superintendência, na rua São Paulo, 1.108, ou ligar para (17) 3531-0600.

Continua
Termina na sexta-feira (10) o prazo para inscrições para o Festival Comida de Boteco, que será realizado pela primeira vez em Catanduva. As inscrições devem ser feitas na Estação Cultura e o evento está previsto para começar no dia 15 de junho e terminar no dia 6 de agosto. Bares já garantiram uma vaga na competição.

Falando em cultura
Ainda falando sobre evento cultural, segue nesta semana a Feira de Maio na Praça do Idoso. O horário de funcionamento é das 16 às 22 horas até sexta-feira e das 14 às 22 horas neste sábado e domingo, último dia do evento. A Praça do Idoso fica na rua América com a rua XV de Novembro.

Elogiou
O prefeito Afonso Macchione Neto elogiou o trabalho das equipes do Banco do Povo Paulista em Catanduva. “O desempenho da nossa unidade do Banco do Povo Paulista tem quebrado recordes em número de contratos, volume e valores de empréstimos que movimentam a economia local. Por esse motivo, entreguei placas de congratulações à nossa equipe, que tem sido fundamental para os resultados alcançados”, publicou nas redes sociais.

Improcedente
Foi lido e votado na sessão de ontem o relatório sobre a representação de suplente de vereador Nelson Roberto Tozo. Foram 11 votos sim – para improcedente e apenas um para não. O assunto deixou a sessão de ontem quente com falas da maioria dos vereadores.

Boa notícia
Chegou na tarde da última segunda-feira (6) ao Serviço de Radioterapia/ Hospital de Câncer de Catanduva o novo tomógrafo específico para a radiologia. O tomógrafo custou R$ 1.463.490,00, verba utilizada da emenda parlamentar de 2018 do ex-deputado Sinval Malheiros, no valor total de R$ 3.498.262,00, cujo restante foi utilizado na compra de outros equipamentos para o Hospital Emílio Carlos.

Aditamento
A Prefeitura de Catanduva publicou aditamento de tempo em contrato para a execução de galeria de águas pluviais em tubos de PEAD na rua Altair. Agora, a DGB Engenharia e Construções LTDA tem mais 60 dias entre o período de 26 de abril de 2019 a 25 de junho de 2019. Na justificativa consta que houve a necessidade de aditar “considerando que ocorreram chuvas que causaram muitos transtornos, acarretando na perda de tempo para que pudesse ser executado toda a pavimentação, bem como em razão do aditamento de quantidade de serviços, nos termos do processo administrativo nº 2018/1/1481, mantendo-se no mais, inalterado o pacto anteriormente estabelecido”, consta na publicação.

Dispensa
Também no Imprensa Oficial do Município consta a justificativa de dispensa de chamamento público para a parceria com o Instituto dos Deficientes Visuais de Catanduva (IDVC), “considerando os termos do Parecer Social emitido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, e o parecer Jurídico constantes no Processo Administrativo nº 2019/8487, visto que os serviços prestados pela Organização estão previstos no âmbito da proposta de oferecer Serviço de Proteção Social Especial de Média Complexidade para pessoas com deficiência visual e suas famílias. Nos termos do art. 4º, §3º, do Decreto Municipal de nº 7.082/2017 e art. 30, inciso VI da Lei 13.019/14. Assim, abre-se prazo de impugnação da justificativa, de 5 (cinco) dias, a contar da publicação, nos termos do §2º do artigo 32, da Lei nº13.019/2014.

Da Redação