Início - Fim da taxa de iluminação
Peneira Fina

Fim da taxa de iluminação

Os vereadores de Catanduva aprovaram na última sessão o fim da CIP (contribuição de iluminação pública), cobrada aos moradores pela Prefeitura.

Fim da taxa de iluminação I
Os vereadores de Catanduva aprovaram na última sessão o fim da CIP (contribuição de iluminação pública), cobrada aos moradores pela Prefeitura. A propositura, de autoria do vereador Francisco Batista de Souza (PDT), o Careca, também envolve o vereador Onofre Baraldi (PDT), que em 2009 protocolou projeto com o mesmo teor. O prefeito Afonso Macchione Neto (PSDB) falou à reportagem de O Regional que vai vetar a decisão da Câmara, ou seja, vai tentar manter a cobrança da taxa.
Iluminação pública II
Alguns vereadores alegam que a cobrança da taxa é inconstitucional e muitos moradores estão pagando por um serviço que não está sendo oferecido pela Prefeitura. Já o chefe do Executivo disse que vai faltar dinheiro para investimento na iluminação pública. Segundo Macchione, com o fim da cobrança o consumo terá que diminuir e o prefeito não descarta a possibilidade de apagar as luzes de algumas praças. O chefe do Executivo disse que a própria população será prejudicada com o não pagamento da contribuição de iluminação pública.
Acervo Catanduva 
O Programa Acervo Catanduva, da TV Câmara, voltou, agora com novo apresentador: Guy Quelhas. Pessoas que ajudaram com o progresso do município são entrevistadas e relatam suas histórias, que também fazem parte da história de Catanduva. No último dia 15 o entrevistado foi o geólogo e músico José Rui Borges Ribeiro, o conhecido Boi. A TV Câmara conta ainda com mais dois programas: Câmara Saúde e Câmara Mulher. Você pode acompanhar a programação pela internet (www.camaraca-tanduva.sp.gov.br).
Orlando Zancaner 
A Câmara aprovou requerimento do vereador Nelson Lopes Martins (PSDB) que solicita à prefeitura a implantação de um sistema de iluminação pública adequado nas calçadas ao longo da Avenida Orlando Zancaner, conhecida como “Avenida do Aeroporto”. O local é usado para a prática de caminhada e exercícios físicos. Segundo Nelson, o Executivo revitalizou, recentemente, toda a área, visando melhor comodidade àqueles que ali praticam esportes, sendo necessário, agora, me-lhor iluminação.
Companhia Nacional
O vereador Marcos Crippa (PTB) afirmou na Tribuna da Câmara que vai denunciar os “descasos” praticados pela CNEE (Companhia Nacional de Energia Elétrica) para a ANEEL (Agencia Nacional de Energia Elétrica). Com documentação extraída dos sites da CNEE e também da ANEEL, Crippa disse que o lucro da empresa em 2009 e 2010 foi de R$ 13,911 milhões em Catanduva. O parlamentar disse que através dos estudos feitos foi possível observar que Catanduva, cidade com 120 mil habitantes, tem para fazer a distribuição duas subestações de energia elétrica, enquanto que Bragança Paulista conta com três em funcionamento e mais uma em fase final de instalação. Para o vereador falta investimento por parte da concessionária em Catanduva.
PSD Catanduva
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o registro nacional do PSD (Partido Social Democrático), fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Em Catanduva, o presidente do diretório municipal do PSD será o Padre Osvaldo, que deixou o Partido Verde e tem pretensões de sair candidato a prefeito de Catanduva. Comenta-se, também, que o vereador Nelson Tozo (PSDB) vai deixar o partido tucano e filiar-se ao PSD. Um quarteto de candidatos à Prefeitura não é utopia: Padre Osvaldo (PSD), Beth Sahão (PT), Roberto Cacciari (PMDB) e Geraldo Vinholi (PSDB). Dr. Sinval Malheiros (PV) seria o quinto candidato? Ou vice de um dos quatro?
Pindorama 
O Governo do Estado assinou um decreto que cria a Agência de Habitação Social Casa Paulista. A assessoria do deputado Geraldo Vinholi (PSDB) enviou nota afirmando que o parlamentar acompanhou o evento no Palácio dos Bandeirantes e apoia as medidas tomadas pelo Governo em conjunto com a secretaria de Habitação/CDHU. Após a cerimônia, a prefeita de Pindorama, Maria Inês Miyada (PSDB), assinou  um protocolo com a secretaria de Habitação/CDHU para a construção de 70 unidades populares. O Governo do Estado pretende investir, entre 2012 e 2015, R$ 7,9 bilhões para viabilizar 150 mil novas moradias e ações de urbanização de favelas.
Encontro Interlegis
Acontece hoje na Câmara de Catanduva o Encontro Legislativo, que comemora os dez anos de uso do SAPL (Sistema de Apoio ao Processo Legislativo). O evento será realizado das 8h30 às 17h30, no plenário do Legislativo catanduvense, pioneira na instalação e uso do SAPL do Interlegis, do Senado Federal. O evento, aberto aos interessados que fizerem inscrições antecipadas, começa às 9h, com a formação da Mesa de Honra. A primeira palestra, às 10, aborda o tema “Interlegis e o Projeto de Modernização do Legislativo”, com o diretor da Secretaria Especial do Interlegis, Haroldo Feitosa Tajra. Na sequência, palestra o representante Interlegis na Câmara de Recife, Ricardo Ferraz, que retrata sobre os benefícios da implantação do sistema naquela Casa. Depois é a vez de Luciano De Fázio palestrar sobre os 10 anos do SAPL na Câmara de Catanduva.
Careca não sabe
Por falar em PDT, o presidente do diretório municipal do partido, Francisco Batista de Souza, o Careca, disse que o PDT Catanduva não tem conhecimento que o vereador Daniel Palmeira (PDT) poderá ser candidato a vice-prefeito de Padre Osvaldo. Segundo Careca, esse tipo de comentário é frequente nos bastidores da Câmara, porém nada envolvendo vereadores do PDT foi decidido ainda.