Opinião

Á Deputada Beth  Sahão

Assine O Regional Online

Por José Luiz Ferreira – contabilista e poeta.

 

Se você, prezada deputada, sem que saiba as razões do fechamento do postinho da Vila Engrácia não pode se calar e, como todo petista, aos berros, como sói acontecer no Congresso Nacional, sempre é contra as boas normas de gestão;  imagine  os brasileiros, apenas  os politizados, o que não pensam de treze anos de um governo petista, comunista, que trouxe quatorze milhões de desempregados, a quebra da Petrobrás e a falência moral e financeira da nação. Falar em degradação do sistema de saúde em nossa cidade para um governo que herdou uma Catanduva falida, uma frota de veículos sucateada e a indiferença de uma Câmara de vereadores cuja maioria, perpetuava incontestável aprovação ao prefeito Vinholi, é, no mínimo, uma atitude torpe. Dívidas e mais dívidas estão, na medida de caixa, sendo pagas; centenas de credores de R$ 100,00 a R$ 1.500,00  estão, agora, recebendo o que lhes pertence; dizem que a herança é sinônimo de terra arrasada.

Busque na sua memória, prezada deputada, você e o seu irmão, quando administraram Catanduva deixaram sem pagar contas de energia, telefone e tantas outras. Vocês também deixaram uma Catanduva arrasada, de joelhos. É só conferir. Basta recorrer aos arquivos contábeis. Se a deputada estiver disposta podemos por em prática. Senhora deputada, quando se trata do PT é difícil separar na política o ente pessoa física  do ente personagem política; aliás, mesmo na conversa informal com o ente físico percebe-se que não dá liga, pois, os parâmetros da lógica são distorcidos. É o que sempre preconizei: uma questão de níveis de consciência. Uns escolhem Cuba, Venezuela, Rússia, Coreia do Norte (vergonhosos regimes ditatoriais); outros, a maioria, prefere a democracia. Os primeiros se acham donos da verdade e têm o dom de tumultuar. Vejamos: 1) O PT sabe que a reforma trabalhista é necessária, mas não querem perder os bilhões que arrecadam na contribuição sindical – pois é com esse dinheiro que a privilegiada classe se mantém e se organiza; 2) O PT sabe, também, que a reforma da previdência se faz urgente, entretanto, os trinta e dois por cento de funcionários públicos aposentados que ganham até R$ 100.000,00 por mês, devidamente organizados, se unem para não perderem as regalias.

Senhora Beth Sahão, não lhe parece constrangedor saber que os principais líderes petistas estão presos? Não lhe parece vergonhoso um ex-presidente da republica responder a um juiz sobe o triplex do Guarujá e o Sítio em Atibaia? Senhora deputada, a lava jato adentrou os porões da corrupção na política brasileira; não há mais partidos confiáveis e é nojento ouvir seus integrantes. Doravante será difícil manter-se na vida publica através do voto e, no caso petista, quanto mais crítica, mais aversão. É hora de morder a língua – o silêncio é a melhor atitude. Infelizmente, o PT é uma desgraça nacional. PT, nunca mais! Por que a deputada persiste em subestimar a inteligência dos catanduvenses?

Por derradeiro, Senhora deputada, convém afirmar que quando uma sociedade  não consegue manter-se e evoluir dentro dos preceitos democráticos e a justiça cumprir o seu papel, uma força maior se faz necessária e, com o andar da carruagem, infelizmente, falta bem pouco para uma nova intervenção militar. Quando não se aprende pelo amor, aprende-se pela dor e, tenho certeza que, para os brasileiros honestos, pouca diferença fará; uma coisa é certa: a punição, a decência e o civismo serão reimplantados no seio da sociedade Brasileira.

 

*ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DO JORNAL O REGIONAL.

Patrocinado:




Adicionar comentário

Clique aqui para comentar
Click on a tab to select how you'd like to leave your comment