Entenda como check-up de saúde em casal pode fortalecer a relação
Nessa data propícia, especialista do Cejam incentiva a prática em conjunto e detalha os benefícios da ação
Foto: Shutterstock - Sugestão é marcar consulta conjunta em torno do Dia dos Namorados ou aniversários
Por Da Reportagem Local | 12 de junho, 2024

O Dia dos Namorados, tradicionalmente celebrado no dia 12 de junho com trocas de presentes, jantares românticos e gestos de carinho, pode ser também uma oportunidade para expressar amor e preocupação de uma maneira inovadora: através de um check-up de saúde a dois. Afinal, cuidar da saúde da pessoa parceira é uma forma significativa de demonstrar afeto.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 70,6% dos brasileiros não realizam check-ups regularmente. Diante deste cenário, por que não aproveitar essa data especial para oferecer à pessoa amada um presente realmente valioso?

"A realização de exames preventivos é importante por diversos fatores. Através deles podemos realizar diagnóstico precoce de doenças crônicas prevalentes, como diabetes e hipertensão arterial. Esses exames também são fundamentais para a detecção de doenças sexualmente transmissíveis e cânceres”, afirma Rodolfo Bandeira, médico urologista do Cejam - Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim.

Geralmente, é comum que as mulheres tenham o hábito de realizar exames periódicos e mantenham acompanhamento médico regular, enquanto os homens costumam negligenciar essas práticas, seja por falta de tempo, desconhecimento ou até por questões culturais. No entanto, é igualmente importante que eles também adotem cuidados preventivos com a saúde.

“Um estudo divulgado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida revelou que 62% dos homens brasileiros e 73% dos latino-americanos só visitam o médico quando têm sintomas insuportáveis, ou seja, quando as doenças já estão instaladas e piorando sua qualidade de vida. Alguns motivos para isso são o estigma e a vergonha, falta de informação, medo do diagnóstico e pressão social”, explica o médico.

Então, não há como negar que são inúmeros os benefícios dessa ação, quando feita em dupla. Abordar a saúde em conjunto pode efetivamente fortalecer a comunicação entre o casal, auxiliando-os a compreender melhor as necessidades e preocupações um do outro. Se há planos de ter filhos, por exemplo, um check-up pode ser crucial para identificar possíveis problemas de fertilidade.

“A experiência conjunta pode também aliviar o estresse e a ansiedade, muitas vezes associados às consultas médicas. Não só isso, ao cuidarem da saúde juntos e frequentemente, o casal cria uma sensação de compartilhamento de responsabilidades, o que contribui positivamente para o fortalecimento do vínculo afetivo”, reforça o urologista.

A realização do check-up conjunto pode ainda potencializar a intimidade e a vida sexual do casal, fortalecer a confiança mútua e impulsionar a autoestima de ambos. Não só isso, pode também promover a conscientização sobre a importância da prevenção e possibilitar a detecção precoce de eventuais problemas de saúde.

“A atividade incentiva o apoio mútuo para adotar hábitos saudáveis e seguir tratamentos médicos, facilitando a adesão às recomendações médicas. Certas condições de saúde, como doenças infecciosas e hereditárias, podem afetar ambos os parceiros e, com os exames, fica mais fácil a detecção e tratamento rápido”, complementa.

QUANDO FAZER?

Os check-ups de saúde em casal podem ser realizados em diferentes momentos da vida. Idealmente, os adultos, independentemente de ser um casal ou não, devem realizá-los anuais ou bianuais, seguindo a recomendação médica e considerando o estado geral de saúde.

Mas, pensando especificamente em cônjuges, é também recomendado fazer um check-up antes de grandes eventos de vida, como casamento, planejamento de filhos ou antes de iniciar um novo tratamento de fertilidade. Isso porque esses marcos significativos na vida do casal podem trazer mudanças físicas e emocionais, tornando essencial garantir que estejam em boa saúde.

Conforme o urologista, se um ou ambos os parceiros notarem sintomas ou tiverem preocupações específicas de saúde, um check-up imediato pode ser necessário.

“Para casais com histórico familiar de doenças como diabetes, câncer ou problemas cardíacos, é prudente realizar check-ups regulares e específicos para essas condições. A genética desempenha um papel importante na nossa saúde, portanto, estar ciente desses riscos pode ajudar na prevenção e no tratamento”, pontua Bandeira.

Por fim, certas fases da vida também exigem atenção especial. Para as mulheres, a menopausa é um período importante para monitorar a saúde, enquanto os homens devem estar atentos à saúde da próstata à medida que envelhecem.

PLANEJAMENTO CONJUNTO

Para combinar a realização de um check-up de saúde com a pessoa que está ao seu lado, é importante começar com um planejamento conjunto. Para isso, escolham uma data que funcione bem para os dois, talvez seja interessante marcar em torno do Dia dos Namorados, de aniversários ou outros eventos recorrentes já presentes no calendário do casal.

Nesse momento, é fundamental ser proativo ao agendar as consultas com antecedência e, se possível, no mesmo dia. Isso minimiza interrupções nas rotinas diárias e facilita o processo.

Também é importante oferecer suporte mútuo durante o processo e encorajar um ao outro a seguir com os agendamentos e realização dos exames. “Incorporar check-ups de saúde, exercícios regulares e manter uma dieta saudável são algumas das práticas essenciais para a saúde do casal. Essas rotinas, sem dúvidas, não só melhoram a saúde individual, mas também fortalecem o relacionamento”, finaliza o médico.

Autor

Da Reportagem Local
Redação de O Regional

Por Da Reportagem Local | 14 de julho de 2024
Saúde orienta pais a aproveitarem férias para atualizar caderneta
Por Guilherme Gandini | 11 de julho de 2024
Cobertura vacinal contra gripe chega a 35% entre grupos prioritários
Por Da Reportagem Local | 11 de julho de 2024
Campanha de vacinação contra gripe termina no próximo domingo