Esportes

Enxadristas Catanduvenses são Destaques na 10ª Etapa da Superliga em Rio Preto

Evento reuniu 141 enxadristas de 10 municípios da região (Divulgação)

Os enxadristas catanduvenses mais uma vez são destaques e conquistam lugar privilegiado na 10ª Etapa da Superliga. Evento aconteceu no último domingo (16), em São José do Rio Preto e reuniu 141 jogadores de 10 municípios da região. Equipe de Catanduva estava composta por 46 jogadores. Foram arrecadados 35 kg de arroz e doados ao Fundo Social do munícipio que recepcionou o torneio.
Conforme informações do organizador e árbitro chefe do evento, José Antônio Sousa Júnior, além de somar pontos na competição, o torneio também contabilizou pontos no ranking nacional e internacional de xadrez. “Além de somar pontos no Circuito, a competição também proporcionou aos enxadristas iniciantes o ingresso no ranking nacional, da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX) e, aos mais experientes, no ranking internacional (FIDE). Ou seja, na próxima atualização, os participantes aparecerão na listagem das duas importantes entidades supracitadas”, aponta o organizador e árbitro chefe do evento.
“Gostaria de agradecer às secretárias municipais senhora Tânia Aparecida Ribeiro Botós (Educação) e senhora Maria Rita Aguilar Araújo (Esportes), pois ambas as secretarias têm nos dado apoio incondicional, o que é fundamental para o desenvolvimento deste trabalho de base que contempla centenas de crianças e adolescentes em nossa cidade.”, complementa o professor Gleison Begalli, presidente do Clube de Xadrez Catanduva (CXC).
De acordo com o diretor do CXC Sílvio Shiroma, após seis rodadas de intensa disputa o time da cidade ganhou seis títulos e seis vice-campeonatos. “Vitor Hugo Pires da Silva dominou o torneio 1 (para jogadores até 12 anos de idade), sagrando-se campeão sub-12 com 100% de aproveitamento (seis vitórias). Heitor Rodolpho de Lucca com cinco triunfos foi o campeão na sub-10 masculino. E na categoria sub-08 anos, a ‘mais jovem’ do evento, Mariana La Justicia de Souza sagrou-se campeã no feminino e Luiz Miguel Mello da Silva no masculino”, constata o diretor.
Shiroma constata ainda que Miriam Raíssa dos Santos e Marcelli Roberta Sarti, no torneio 2, para jogadores acima de 12 anos, conquistaram o troféu de campeã, respectivamente nas categorias sub-14 e sub-16 anos feminino.
O presidente de honra do CXC Antonio Celidonio Ruette ressalta a importância do xadrez para os jovens.
“É com enorme satisfação que acompanho o pleno desenvolvimento da prática enxadrística em nosso município e região, essa arte maravilhosa que não à toa possui mais de 600 milhões de praticantes ao redor do mundo, desenvolve o intelecto de nossos jovens e é um duelo inefável de emoções e inteligências”, frisa Ruette.

Karla Sibro
Da Reportagem Local




/* ]]> */