Esportes

Atleta Altobeli Silva, De Catanduva, Conquista O Mundo No Pan-Americano 2019

Na última terça-feira, dia 6, o Brasil conquistou sua primeira medalha no atletismo dos Jogos Pan-Americanos 2019, no Peru. A façanha é do atleta Altobeli Santos da Silva, que é de Catanduva e terminou a prova dos 5 mil metros rasos em 13min54s42, faturando a medalha de prata na competição.
Ontem, dia 8 de agosto, o medalhista pan-americano deu uma entrevista à equipe do O Regional, e comentou a respeito da conquista histórica: “me preparo há mais de dez anos para esse momento. O que estou colhendo agora, atleta ou ser humano nenhum conseguiria fazer sem vários anos de experiência e treino duro nesse esporte difícil que é o atletismo. É preciso ter muita força de vontade, pois a parte final é boa, mas o começo é difícil”. Altobeli comenta que pensou, inclusive, em qual comemoração faria ao terminar a prova: “eu estava tranquilo e pensei, o tempo todo, na medalha de ouro. Fiquei pensando, também, em qual comemoração iria fazer se eu a ganhasse”.
O catanduvense superou na prova, o chileno Carlos Martin Del Rio, que fez em 13min54s43, subindo no pódio com a medalha de bronze. O ouro ficou com o mexicano Fernando Daniel Martinez Estrada, que percorreu os 5 mil metros em 13min52s87. Quando perguntado sobre qual era o sentimento após ter cruzado a linha de chegada, a resposta foi direta: “senti que faltava mais de mim, pois sei que eu poderia ter sido o primeiro lugar, e não o segundo. Foi para isso que eu treinei! Mas, depois, me lembrei de onde vim e onde estava, e agradeci a Deus por tudo como sempre faço, não só pelo momento”.
Mas os Jogos Pan-Americanos do Peru ainda não terminaram para o atleta. Amanhã, sábado (10), ele irá participar dos 3 mil metros com obstáculos, prova em que foi finalista nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. “Podem esperar muito porque eu vim para fazer a diferença, e não para ser mais um. Preparem as palmas que isso só é o começo, e vou surpreender ainda mais até 2028, quando pretendo encerra minha carreira! Isso tudo se Deus permitir! O menininho que andava de circular para conhecer os bairros de Catanduva, ouvindo música como um pequeno sonhador, hoje faz o mesmo, só que andando de avião e conhecendo o mundo. Obrigado a toda população de Catanduva pelas incontáveis mensagens que recebi e pela torcida nas redes sociais!”, agradece Altobeli, finalizando a entrevista.

Da Reportagem Local