Cultura

Projeto ‘Memórias’ Abre Inscrições Para Escolha de Escultura

O Clube Icaraí, local escolhido para o projeto é considerado um ícone histórico (Assessoria de Imprensa)
Assine

Artistas plásticos de Catanduva e região podem participar de concurso que integra o projeto “Memória: Ressignificação do Tempo” que está com inscrições abertas. A escultura escolhida ficará em frente ao Clube Icaraí em Potirendaba, onde haverá uma exposição que tem como objetivo trazer o resgate da história da cidade. As inscrições são de graça e prazo termina no dia 31 de março. O prêmio para a obra vencedora será de R$ 10 mil.
Também podem participar do concurso artistas de outros estados do Brasil, além do interior. “A seleção é aberta as diferentes linguagens das artes visuais, incluindo arte e tecnologia, assemblage, cerâmica, colagem, escultura, instalação ou objeto. O essencial é que seja uma escultura feita por artista plástico e que seja uma obra inédita”, detalha Deodoro Moreira, diretor da empresa organizadora do concurso.
Os interessados também devem ter atenção com relação ao tamanho da escultura, que deverá ter dois metros de altura por um metro de profundidade e igual medida na largura. Vale ressaltar que a obra deve ficar exposta ao ar livre por um período de pelo menos um ano, que é o tempo da exposição.
Os trabalhos passarão por uma seleção realizada por uma comissão de curadoria, formada por um artista plástico convidado pelos organizadores do concurso, além de um representante da produção e um representante dos patrocinadores do projeto.
O dia 30 de abril foi escolhido para a divulgação do resultado preliminar, enquanto que o final deverá sair em 18 de maio. A premiação em dinheiro será entregue ao vencedor em até 10 dias antes do início da exposição que começará em setembro deste ano.
O edital do concurso está disponível no site (www.serifacomunica.com.br). Outras informações também podem ser obtidas pelo email (deodoro@serifacomunica.com.br).

Sobre o projeto
“Memória: Ressignificação do Tempo” tem o objetivo de resgatar a memória de Potirendaba que está há 55 quilômetros de distância de Catanduva. A ação será feita com um trabalho de pesquisa e produção de materiais gráficos, audiovisuais e digitais que compõem uma exposição aberta à visitação pública gratuita. A pesquisa inclui o início do povoado que deu origem à cidade, na década de 1910, até os dias atuais.
O Clube Icaraí, local escolhido para o projeto é considerado um ícone histórico que iniciou suas atividades em 1962, e foi ponto de encontro de moradores da cidade durante várias gerações.
O projeto “Memória: Ressignificação do Tempo” é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo e empresa de comunicação e editoria, por meio do ProAC SP, com patrocínio de empresa de bebidas de Potirendaba.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local



Assine O Regional

Digital Mensal
R$19,90 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso (Sáb e Dom)
R$41,70 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$65,90 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo