Cidades

Via Rápida Oferece 23 Mil Vagas Para Cursos À Distância Gratuitos

É através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico que o Governo do Estado de São Paulo oferece, atualmente, 23 mil vagas em cursos gratuitos de qualificação profissional do programa Via Rápida Virtual. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 9 de dezembro pelo site www.viarapida.sp.gov.br.
No Via Rápida Virtual, todas as aulas são realizadas de forma online, no modelo de EAD – Ensino à Distância, com curta duração 80 horas. São quatro cursos em áreas de gestão e tecnologia de informação, oferecidos pela Univesp – Universidade Virtual do Estado de São Paulo. São eles: Gestão Administrativa; Planejamento Empresarial; Lógica de Programação; e Banco de Dados.
Podem se inscrever aqueles que tenham idade mínima de 16 anos, sejam alfabetizados e domiciliados no Estado de São Paulo. Caso o número de inscritos seja superior ao número de vagas, serão priorizadas as pessoas desempregadas e com baixa renda.

Chamada
“A chamada dos candidatos selecionados ocorrerá por e-mail, utilizando-se os dados pessoais informados no ato da inscrição. As aulas têm previsão de início em 16 de dezembro. Os cursos virtuais deverão ser concluídos até 7 de fevereiro de 2020. Para receber o certificado, o aluno deve completar a carga horária completa do curso virtual”, diz a nota oficial do Governo do Estado.

Via Rápida e Univesp
“O Via Rápida atua na qualificação e formação profissional dos participantes, preparando a população que está buscando uma oportunidade no mercado de trabalho ou abrir o seu próprio negócio. O programa busca, ainda, aprofundar os conhecimentos de cada atividade profissional e apresentar as tendências mais recentes de cada área de atuação aos participantes, de forma a ampliar suas alternativas de emprego e geração de renda. Criada em 2012, a Univesp é uma instituição exclusivamente de educação à distância, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Entre seus principais parceiros, estão o Centro Paula Souza e as universidades USP, Unesp e Unicamp”, finaliza.

Da Reportagem Local