Cidades

Vacinação Contra a Gripe em Santa Adélia Segue a Todo Vapor

Dando sequência ao Dia D, promovido no dia 4 de maio em todas as UBS – Unidade Básica de Saúde de Santa Adélia, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe continua firme até o dia 31 desse mês no município.
Contudo, vale ressaltar que todas as unidades ainda contam com vacinas disponíveis e o público que ainda não se vacinou deve procurar, o mais rápido possível, uma para se imunizar. Em nota divulgada, a Prefeitura de Santa Adélia ressalta quais são os grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos de idade; gestantes; puérperas, isto é, mães que deram à luz há menos de 45 dias; idosos; profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada; portadores de doenças crônicas; povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.
De acordo com os dados revelados (que levam em conta números até o dia 8 de maio), 35,36% de portadores de doenças crônicas já foram vacinados, 67,25% dos idosos, 56,52% das puérperas, 56,34% das gestantes, 55,87% dos trabalhadores da saúde e 81,27% das crianças da cidade. Tais prioridades são feitas por recomendação da OMS – Organização Mundial da Saúde, em que são priorizados os grupos que possuem maiores chances de contrair a gripe ou agravar, ainda mais, doenças respiratórias.
“Apesar de não ser uma doença grave, e raramente provocar sintomas por mais de duas semanas, a gripe é responsável pela morte de milhares de pessoas, todos os anos, em razão da baixa imunidade, e/ou em decorrência do surgimento de outras doenças, como pneumonias. Além disso, surtos epidêmicos e endêmicos provocados por novas linhagens do vírus também são capazes de causar um número significativo de mortes, por isso a importância da imunização. Estamos aguardando o público alvo nas unidades de saúde de Santa Adélia”, finalizaram as enfermeiras responsáveis pela Vigilância Epidemiológica em nota.

Da Reportagem Local