Cidades

UVZ Renova Book Virtual Para Incentivar Adoção De Animais

Através da Secretaria de Saúde, a Prefeitura de Catanduva criou um novo ‘book virtual’ de animais, com o intuito de incentivar a adoção. As fotos de cães e gatos, com suas próprias características, podem ser conferidas no link adote.catanduva.sp.gov.br. Eles são adultos, castrados, vacinados e desverminados.
“Ao todo, 69 animais vivem na Unidade de Vigilância em Zoonoses. Desses, 36 cães e 33 gatos foram fotografados por estarem em condições de serem adotados. O restante tem algum tipo de restrição, por precisar de cuidado veterinário constante, medicação controlada ou por ser agressivo. Do começo do ano até agosto, 31 animais foram adotados. Essa é a segunda etapa da campanha que teve início em 2018. No ano passado, 37 animais garantiram um lar, a maior parte contabilizada no período de divulgação”, informa a assessoria de imprensa da Prefeitura em nota oficial.
Segundo a unidade, para efetivar a adoção de um animal é necessário ter mais de 18 anos, apresentar um documento pessoal e comprovante de residência. Uma recomendação ressaltada é a de levar guia ou caixa de transporte no momento da adoção. No ato, equipe da unidade chama a atenção dos interessados sobre os cuidados e a guarda responsável.
A veterinária Natália Ambrósio afirma que a decisão em adotar deve ser consenso familiar. “É fundamental que todos da residência compartilhem da mesma ideia, avaliem se possuem tempo e espaço suficiente para receber o animal”.
“Algumas necessidades dos animais devem ser supridas, como o fornecimento de alimento de qualidade e água e em quantidades suficientes e adequadas à espécie, além de visitas regulares ao veterinário para os cuidados preventivos, assim como curativos. Passeios regulares devem ser realizados somente com a utilização de guia, para evitar a ocorrência de fugas e acidentes”, reforça a informação.
A ação de recolhimento de cães e gatos pela UVZ – Unidade de Vigilância em Zoonoses é seletiva. São apreendidos somente animais suspeitos de portar alguma zoonose de relevância para a saúde pública. Parte desses animais recolhidos tem histórico de atropelamento, e diante disso, a unidade destaca a necessidade de identificação do animal, assim como a prevenção de fugas, sendo dever dos tutores criarem seus animais em caráter domiciliar.
Unidade de Vigilância em Zoonoses fica localizada na Estrada Vicente Sanches, Km 3, e para outros detalhes é possível entrar em contato por meio do número (17) 3524-2445.

Da Reportagem Local