Cidades

UNIFIPA Adquire Equipamento De Última Geração Que Analisa Expressão Gênica

Um novo e moderno equipamento chegou ao Laboratório Multidisciplinar I da UNIFIPA – Centro Universitário Padre Albino. O AriaMx Real-Time PCR, que é capaz de analisar a expressão gênica, poderá ser utilizado pelos alunos e alunas dos cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia e Medicina. A instalação completa do aparelho foi finalizada no último dia 06 de maio.
De acordo com a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UNIFIPA, a professora Ana Paula Girol, a aquisição do equipamento é mais um marco para a instituição. “O AriaMx Real-Time PCR tem elevada sensibilidade e especificidade, o que possibilita a análise comparativa de expressão de gene, eliminando o viés da técnica semiquantitativa. Através de dados adquiridos por esta tecnologia será possível a construção de um banco de dados que favorecerá os pesquisadores, o que permitirá mapeamento dos genes mais prevalentes de algumas doenças na população, fomentando pesquisas na busca por tratamento mais específico e com maior chance de cura”.
O equipamento possui um sistema totalmente integrado capaz de realizar amplificação, detecção e análise de dados, combinando a um novo termociclador, sistema óptico avançado com fonte de excitação LED, além de um software de análise de dados abrangente. “A reação de amplificação em tempo real, uma variante da reação de PCR convencional, representa grande avanço nos métodos moleculares de auxílio diagnóstico, por facilitar sobremaneira as tarefas de quantificação da expressão gênica em determinado tecido ou amostra biológica”, continua Ana Paula Girol.
“Um exemplo muito bem conhecido é o da leucemia mielóide crônica (LMC), que apresenta de maneira constitutivamente elevada a expressão do transcrito BCR-ABL. Esse gene quimérico, produto da fusão dos genes BCR e ABL, pode não apenas ser detectado, firmando o diagnóstico da doença mieloproliferativa, bem como ter seu nível de expressão aferido ao longo de determinada intervenção terapêutica. O método utiliza sistema fluorescente em plataforma capaz de detectar a luz oriunda da reação de amplificação”, finaliza.

Da Reportagem Local

Adicionar comentário

Clique aqui para comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.