Cidades

Um Médico Atende, em Média, 39 Pacientes Por Dia na UPA

Assine

Um médico consegue atender, em média, 39 pacientes por dia na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Catanduva. O resultado é com base no número de profissionais, que chegam a nove especialistas, e as pessoas que procuram a unidade que somam 352 registros diários. A conta de O Regional leva em consideração os dados de 2018 que foram divulgados no Imprensa Oficial do Município recentemente.
Conforme consta no balanço, desde agosto do ano passado são nove profissionais na unidade que funciona 24 horas por dia. Cinco deles atuam no período diurno e quatro no período noturno.
O balanço dos 12 meses do ano passado mostra que foram 128.727 atendimentos realizados pelos médicos da unidade. O mês com maior número de pacientes foi junho com 10.906 pessoas que passaram pela UPA. A média é de 363 atendimentos nesse mês. Em segundo ficou março com 11.636 registros. Na sequência aparece outubro com 11.540 atendimentos.
Entre os meses que tiveram menor fluxo de pacientes, fevereiro teve 9.696 atendimentos. Uma média de 346 diários, já que é o mês mais curto do ano. Julho aparece em segundo com 9.777 registros e em terceiro ficou janeiro com 10.318.
Já a enfermagem teve 6.926 atendimentos registrados no ano passado. Uma média de 19 pacientes que necessitaram de cuidados dos profissionais da unidade. Na média dos meses, março liderou os atendimentos com 719 registros. Na sequência aparece dezembro com 690 e em terceiro setembro com 656. A Unidade funciona desde 2013 em Catanduva. No primeiro mês de funcionamento, a média de atendimentos variava entre 250 e 300 atendimentos por dia. O objetivo das Unidades de Pronto Atendimento é o de prestar atendimento resolutivo e qualificado aos pacientes que estão em situação de urgência e emergência. Lá os primeiros socorros devem ser oferecidos com o objetivo de encaminhar o paciente de forma referenciada aos serviços hospitalares de maior complexidade especializados, reduzindo superlotação em hospitais e prontos socorros.

Exames lideram os procedimentos
Entre os procedimentos de enfermagem realizados no ano passado, os exames laboratoriais lideram com 76.353 procedimentos. Na sequência está a radiografia médica com 27.242 registros. Em terceiro ficou a nebulização com 13.327 procedimentos feitos. Só de eletrocardiograma foram 7.608 exames, enquanto que glicemia capilar foram 7.517. Os curativos de grau II formaram 2.808 atendimentos.
Os procedimentos que tiveram menor número de registro no ano passado foram radiografia odontológica (57), sonda vesical de demora 393 e sonda vesical de alívio com 410.



Assine O Regional

Digital Mensal
R$21,30 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital + Impresso(Sáb e Dom)
R$44,60 / mês
  • Acesso total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal impresso aos sábados e domingos
Digital + Impresso (Ter a Dom)
R$70,50 / mês
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo
Digital Anual
R$189,40 / ano
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
Digital Anual + ImpressoTerça a Domingo
R$614,10 / ano
  • Acesso Total
  • Computador, Celular ou Tablet
  • Jornal Impresso de terça a domingo