Cidades

Simulado de Emergência Reúne Mais de 80 Profissionais

Durante manutenção periódica realizada no setor de caldeira, um acidente gerou explosão, a qual vitimou 8 empregados. O sinistro foi detectado por um empregado, ao qual acionou a brigada de emergência que conta com 20 brigadistas, distribuídos cada qual com suas responsabilidades de comando geral, homem de segurança, suprimentos, comunicação, reconhecimento inicial, isolamento de área, decisão de evacuação e da necessidade de apoio externo, resgate e remoção de vítimas e combate à ocorrência.
A cena descrita acima fez parte do simulado realizado na tarde de ontem (13), na Cocam. A atividade contou com o apoio de 14 integrantes do Corpo de Bombeiros, com auxílio de auto bomba de incêndio, uma unidade de resgate e duas viaturas orgânicas (passeio). Também foi necessário a ajuda de 15 pessoas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com 3 viaturas de resgate e o auxílio de 37 alunos da Liga do Trauma, da Faculdade de Medicina de Catanduva (LCUT-FAMECA). Foi realizado pela equipe, triagem das vítimas e sua respectiva classificação pela metodologia START (Simple Triage and Rapid Treatment – Triagem Simples e Tratamento Rápido), é um método utilizado para alocar recursos e hierarquizar vítimas de acordo com um sistema de prioridades, de forma a possibilitar o atendimento e o transporte rápido do maior número de vítimas possíveis. Para o Tenente do Corpo de Bombeiros, Rafael Fantini, atividades como essa agrega valor a equipe. “No simulado foi implantado o SICOE – Sistema Integrado de Comando e Operações em Emergências, que se destina a uma divisão de tarefas e controle de todos os recursos físicos e humanos disponíveis, por isso é importante o Corpo de Bombeiros participar para que diante de grandes emergências haja uma ação coordenada de todos os envolvidos”, comentou Fantini.
José Domingos Cestari, chefe de RH e Segurança do Trabalho, explicou o objetivo do simulado. “O simulado apresenta uma condição de emergência bem próximo do real e a sua realização encerra o ciclo anual de treinamento, que busca aprimorar as habilidades da equipe de emergência da Cocam, por meio de um constante processo de desenvolvimento, visando à formação de uma equipe de excelência. Quanto maior a intensidade no processo de aprendizagem, maior será nossa confiabilidade”.

Myllaynne Lima
Da Reportagem Local