Cidades

Semana da Árvore Terá Distribuição de Mudas, Palestra e Pedal em Catanduva

PROGRAMAÇÃO contará com visita monitorada ao Viveiro de Mudas (Divulgação)

A Semana da Árvore terá distribuição de mudas, palestra e pedal em Catanduva. O evento é gratuito. A programação começa na segunda-feira (17) com oficina de plantio de semente no Hospital Mahatma Gandhi. Serão dois horários disponíveis para os pacientes – às 9 e às 14 horas. A Cidade Feitiço reúne 15 mil árvores em ruas e avenidas. A chefe da Divisão de Proteção Ambiental, Karen Morandin fala sobre os benefícios para o ar e a qualidade de vida dos moradores.
Na terça-feira, a partir das 8 horas haverá uma palestra no Programa Cidadão do Futuro com o tema – “Arborização Urbana”, ministrada pela Educadora Ambiental Daiane Ciccone Cesarino. Já às 14 horas haverá visita monitorada ao Viveiro de Mudas e Oficina de Plantio. O público alvo é formado pelos alunos do programa.
Na quarta-feira (19) às 8 horas e às 14 horas também haverá outra visita monitorada no viveiro, desta vez com outro grupo dos alunos do Programa Cidadão do Futuro. Na quinta-feira (20) a visitação será realizada pelos integrantes do Instituto dos Deficientes Visuais de Catanduva (IDVC) a partir das 8 horas.
“No dia 21, sexta-feira, Dia Mundial da Árvore estaremos na Praça da República das 8 às 11 horas para tirarmos dúvidas e também distribuindo as mudas para a população. Estamos fazendo o convite e além da nossa programação, quem tiver interesse em realizar as visitações, pode procurar a Secretaria de Meio Ambiente e agendar. Podemos montar turma, abrir datas e fazer a visitação normalmente. Às vezes conseguimos encaixar nos grupos já formados ao longo da semana”, explica.
O objetivo da semana, que termina com o “Pedal Natureza” no dia 30 de setembro, é o de conscientizar a população. A pedalada está prevista para ter início às 9h30 e a concentração será no Sesc Catanduva. O percurso passará pelo Parque dos Ipês e Lago dos Ipês, onde haverá plantio de mudas.
“Estamos buscando conscientizar a população da importância da árvore que não é só sujeira, mas a questão da qualidade do ar, do sombreamento e a questão do clima. Temos baixa umidade do ar e nesse período de estiagem tivemos muitas queimadas. Estamos na região com maior índice de queimadas por conta da baixa umidade e a árvore ajuda a absorver tudo isso”, reforça ela acrescentando também a economia na manutenção das ruas e avenidas com o plantio de árvores, já que o asfalto se degrada com menor velocidade devido ao sombreamento.
Karen também aponta que uma consultoria é feita também de graça, pelas equipes da Secretaria de Meio Ambiente. “A gente fornece todas as informações de graça na Secretaria. Às vezes as pessoas não sabem, mas também tem a questão de infrações que não são permitidas, toda essa parte técnica e de consultoria, o Meio Ambiente fornece e as pessoas não sabem”, complementa.
A Secretaria de Meio Ambiente fica na avenida Olímpia, nº 900, no Recinto de Exposições. O telefone de contato é (17) 3524-7239.

Cíntia Souza
Da Reportagem Local