Cidades

Saúde De Marapoama Mobiliza Cidade Em Torno Do Novembro Azul

Seguindo o exemplo de ações desenvolvidas durante o ‘Outubro Rosa’, que marcou as ações de cuidado com a saúde da mulher, o mês de novembro é destinado à conscientização da importância com a saúde do homem. A Coordenadoria de Saúde de Marapoama, na última quinta-feira, dia 14, realizou testes rápidos, palestras e orientações de prevenção de câncer de próstata para toda população masculina acima de 40 anos.
A campanha ‘Novembro Azul’ chama a atenção à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, além de outras doenças bastante incidentes no público masculino, como hipertensão e diabetes. “Os pacientes que, através do teste rápido, são avaliados com algumas alterações, são encaminhados para exames mais aprofundados e atendimento com urologista. Os mesmos procedimentos estão agendados para acontecer no próximo dia 30, último sábado desse mês de novembro, onde serão realizados no Posto de Saúde para toda população masculina acima de 40 anos, testes rápidos, palestras e orientações de prevenção de câncer de próstata”, diz a nota oficial da prefeitura de Marapoama.
A Coordenadora de Saúde, Vanessa Meneguesso, ainda pontua: “na maioria das vezes, o homem não vai ao médico por iniciativa própria. Em muitos casos, vai por insistência da esposa ou dos filhos. O preconceito pode matar, por isso é muito importante que se faça os exames”.

Câncer de próstata
“É o câncer que ocorre na próstata – uma pequena glândula em forma de noz que envolve a uretra masculina logo abaixo da bexiga urinária, podendo ser sentida através do exame de toque retal. Sua principal função é armazenar e secretar um fluido claro que constitui 10% a 30% do volume do fluido seminal, que, junto com os espermatozoides, constitui o sêmen. O câncer de próstata é um dos mais frequentes tipos de câncer masculino. Este tumor geralmente tem crescimento lento e inicialmente fica confinado a esta glândula, local onde às vezes pode não causar sintomas ou danos sérios. O câncer de próstata tem cura e esta pode ser alcançada com o devido tratamento. Há maiores chances de cura quando a doença é diagnosticada ainda no início”, finaliza a informação divulgada.

Da Reportagem Local