Início - Sargento do TG Relata Dificuldade dos Atiradores Para Conquistarem Emprego

Sargento do TG Relata Dificuldade dos Atiradores Para Conquistarem Emprego

O Regional

Na última terça-feira (28), o Chefe de Instrução do Tiro de Guerra 02/12, Sargento Fábio Grimaldi, fez um apelo aos empresários, comerciantes e empregadores. O motivo é simples, muitos atiradores tem sofrido dificuldades financeiras causadas pela pandemia do novo coronavírus, porém, enfrentam preconceito na hora de conseguir um emprego pelo simples fato de serem atiradores.
O Sargento Grimaldi afirmou que todos os integrantes do Tiro de Guerra foram criteriosamente selecionados e acima de tudo são excelente cidadãos. “Os atiradores tem enfrentado muitas dificuldades para conseguirem um emprego na cidade, pelo simples fato de afirmarem que são atiradores. Diante disso, gostaria de dizer que eles estão cumprindo o Serviço Militar obrigatório, ou seja, muitas das vezes até mesmo contra a sua própria vontade, e por isso não devem, ou pelo menos não deveriam ser prejudicados por isso. Inclusive, coloco o meu nome, para responder pelos 50 jovens que eu pessoalmente selecionei, enxerguei como excelentes cidadãos, que mesmo temporariamente pudessem muito bem representar a instituição de maior credibilidade do País”, destacou.
Ele complementou dizendo que todos os atiradores possuem uma conduta exemplar. “São jovens responsáveis, comprometidos, cumpridores de seus deveres, que certamente ajudarão no crescimento da empresa que ingressarem. Em caso de algum atirador deste ano ser empregado, me coloco a disposição, para orienta-lo na melhor maneira de exercer a sua função, e certamente estarei aberto a fazer algum ajuste, para que as atividades do TG, não comprometam a execução perfeita do seu trabalho”, ressaltou Grimaldi.
O Chefe de Instrução finalizou dizendo que a contratação desses jovens poderá auxiliar no crescimento de qualquer empreendimento. “Peço que não discriminem aqueles que podem ajudar a sua empresa, comércio ou empreendimento a crescer.”
Para os interessados em ajudar na carreira profissional dos integrantes do Tiro de Guerra, basta entrar em contato através do telefone (17)3524-6377.

Da Reportagem Local