Cidades

Projeto Busca Fortalecer Vínculos Escolares E Familiares Em Marapoama

Com o objetivo de divulgar o Projeto de Justiça Restaurativa e de fortalecer os vínculos escolares e familiares, a escola Faride Aborihan, do município de Marapoama, foi palco de encontros dos pais de alunos com a Equipe de Justiça Restaurativa e direção da Rede Municipal de Ensino. Durante o mês de setembros, pais participaram de encontros com a coordenadora Miriam Verginia Andrela, a psicóloga e facilitadora Ana Paula Wolke, e psicopedagoga e facilitadora Elizane F. Pelegrini, com a Coordenadora de Educação Maria José Dias Pattini, e com a diretora Giseli Maria Teixeira.
“A coordenadora do Projeto Justiça Restaurativa explicou aos pais dos alunos qual o objetivo, para que serve e como funciona o benefício do Programa Justiça Restaurativa. Já a psicóloga e a psicopedagoga orientaram os pais sobre assuntos que os próprios alunos levaram até elas, como a importância de pais presentes na vida dos filhos e os frequentes problemas com suicídio e depressão precoce por conta da falta de acolhimento no ambiente familiar”, informa a nota oficial da Prefeitura de Marapoama.
Já o prefeito Márcio Perpetuo Augusto (SD), na mesma nota, reforçou que esse tipo de ação de fortalecimento dos vínculos escolares e familiares melhora consideravelmente o rendimento dos alunos em salas de aula: “são ações que passam despercebidas ao olhar da população, mas são investimentos em ações dessa natureza que têm grande importância para os pais, alunos e professores. O rendimento escolar melhora e muito com esse fortalecimento dos vínculos escolares e familiares”.
Os círculos de conversa foram realizados com todos os pais de alunos de todas as séries, desde o 1º ao 5º ano. No total, foram realizados rodas de debate em 10 salas de aulas, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura.

Da Reportagem Local