Cidades

Professor De Robótica de Catanduva é Juiz de Evento em São Carlos

os “atletas” foram treinados por equipes de estudantes

O professor Diego Bruno da Fatec de Catanduva esteve neste final de semana participando como juiz da Olimpíada Brasileira de Robótica – OBR. A etapa regional foi realizada em São Carlos e teve crianças de todas as idades participando.
O objetivo principal eram que as crianças tivessem o aprendizado de física aplicada e matemática de uma maneira bastante divertida. Segundo o professor Diego o destaque foram os atletas-robôs que entraram em campo para superar terrenos irregulares, transpor caminhos desconhecidos, desviar de escombros e subir montanhas para conseguir salvar vítimas, nesse caso, bolinhas de isopor prateadas, que precisavam ser transportadas para uma região segura nas arenas de madeira.
Nesse caso, os “atletas” foram treinados por equipes de estudantes, compostas por dois a quatro integrantes. Cerca de 200 equipes divididas em dois níveis participaram da etapa regional na cidade, sendo que o nível 1 é voltado aos alunos do 1º ao 8º ano do ensino fundamental e o nível 2 aos estudantes do 8º e 9º ano do ensino fundamental e todos os alunos do ensino médio ou técnico.
É o terceiro ano que o professor Diego é juiz da Olimpíada Brasileira de Robótica, para ele é bastante gratificante ver o futuro da robótica começando desde tão pequenos. O evento foi realizado na USP de São Carlos, onde o professor faz seu doutorado também em Robótica.
O professor que já fez várias invenções, uma delas já foi até apresentada no Instituto Deficientes Visuais de Catanduva na qual o invento era um robô guia que substituía o cão guia, sendo que o aparelho tinha.
Diego já adiantou em primeira mão que está preparando um evento que será realizado na Fatec de Catanduva – o 1° Campeonato de Batalha de Robô em setembro.

Aricieli Ferranti
Da Reportagem Local