Início - Prefeitura desocupa a “Casa da Música”
Cidades

Prefeitura desocupa a “Casa da Música”

O projeto da Casa da Música, que tinha sede na rua Recife, terá novo endereço nesta segunda-feira, dia 1 de outubro.

O projeto da Casa da Música, que tinha sede na rua Recife, entre o prédio da Escola Paulo de Lima e o Correios, terá novo endereço nesta segunda-feira, dia 1 de outubro.
A sede foi inaugurada em abril de 2011, justamente para agregar as oficinas em único local, mas segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, com a proximidade do vencimento do contrato de locação, a administração decidiu antecipar a mudança.
A mudança será apenas de endereço, portanto, os alunos estão cientes que as aulas permanecem nos mesmos dias e horário. De segunda a quinta-feira, há aulas no período da manhã, tarde e noite, às sexta-feira, apenas de manhã e tarde e no sábado das 8 às 12 horas.
A Casa da Música ministra oficinas de teclado, piano no teclado, guitarra, viola caipira e violão. Seu novo endereço passa a ser a partir de segunda-feira, na rua Rio de Janeiro, nº 100, na sede da Estação Cultura.
REAGRUPAMENTO DE DELEGACIAS
Com a desocupação do prédio da Casa da Música, muitas pessoas questionaram se o imóvel seria o possível prédio que receberá o reagrupamento dos  DPs ( Departamento de Policia Civil) da cidade. Entretanto, a informação é descartada pelo setor.
De acordo com o delegado assistente da Seccional, Pedro Antonio Artuzo,  o prédio estudado para ser a possível sede com todos os DPs, é o imóvel entre as ruas Recife e Maranhão, prédio que pertencia ao Colégio Jesus Adolescente e que agora é de posse dos Padres Doutrinários.
“Foi feita a proposta de aluguel e o pedido para aprovação encontra-se atualmente na Procuradoria aguardando a aprovação do valor do aluguel. As demais documentações já foram providenciadas de acordo com a solicitação da Secretaria de Segurança Pública”.
Portanto, segundo o setor, o processo está num compasso de aprovação do valor do aluguel, que segundo o delegado possui um valor alto. Se aprovado, todos os DPs da cidade passarão a ter o atendimento no prédio que era do Colégio Jesus Adolescente.
O setor ainda apontou que a Prefeitura não tem vínculo nenhum com a Secretaria de Segurança Pública, principalmente no que diz respeito à locação de prédio.