Início - Prefeita Cria Comissão de Gerenciamento da Pandemia na Educação

Prefeita Cria Comissão de Gerenciamento da Pandemia na Educação

Divulgação

A prefeita Marta Maria do Espirito Santo Lopes criou uma comissão de gerenciamento da pandemia da Covid- 19 na rede municipal de ensino. O decreto que estipula as atribuições da nova comissão e os integrantes do grupo foi publicado ontem no Diário Oficial do Município.
O novo grupo terá como “missão” elaborar e aprovar normas e protocolos de segurança sanitária, de higiene, saúde e prevenção para o espaço escolar, que orientarão os trabalhos de retorno às aulas presenciais; Articular com municípios vizinhos e com a Comissão Estadual de Gerenciamento da Pandemia Covid-19, por meio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no estado, a construção conjunta de um planejamento a nível microrregional; Elaborar o plano pedagógico de retorno às aulas, com cronograma de retorno e a reorganização do calendário escolar; Articular com as Secretarias de Saúde e Assistência Social ações para o atendimento psicológico a crianças e jovens, suas famílias, profissionais e trabalhadores da educação; Estabelecer protocolos para manuseio dos alimentos e limpeza dos utensílios utilizados na alimentação escolar e definir como será a oferta de alimentação nas escolas; Contribuir com o processo de aquisição de produtos com recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola; Elaborar planejamento e estratégias para eventual necessidade de suspensão de aulas presenciais novamente.
Para a comissão serão incluídos membros: Representante da Secretaria Municipal de Educação (Secretária de Educação), Representante da Secretaria Municipal de Saúde, Representante da Secretaria Municipal de Administração, Representante dos Profissionais e Trabalhadores da Educação Municipal a ser indicado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Catanduva (SIMCAT). Representante do Conselho Municipal de Educação a ser indicado por deliberação do próprio conselho, Representantes das Comissões Escolares a serem indicados pelas Unidades Escolares, Representante das Escolas Estaduais a ser indicado pela Diretoria de Ensino, Representante das Escolas da Rede Privada a ser indicado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino e Educação de Catanduva (SINTEE-CA).

Subcomissões
O mesmo decreto traz ainda a criação de subcomissões que tem como obrigação – Planejar as ações e as estratégias a serem realizadas no espaço escolar, conforme as orientações da Comissão Municipal, estabelecendo cronogramas e prazos; Monitorar a execução pela escola das orientações da Comissão Municipal; Levantar informações sobre a situação epidemiológica da escola, do bairro, para repassar à Comissão Municipal; Verificar os resultados da avaliação diagnóstica e ações de recuperação; Definir a sinalização de locais do espaço escolar; Definir a disposição de produtos para higienização; Verificar o cumprimento de rotinas de higienização das mãos; Contribuir com a reorganização do Calendário, identificando crianças do mesmo grupo familiar; Organizar horários alternados para atendimento às famílias e comunidade, fluxo de profissionais trabalhadores da educação, oferta de alimentação escolar, uso de banheiros; Organizar o escalonamento dos tempos de recreação e intervalos, considerando o agrupamento por faixas etárias; Adaptar e diminuir os tempos de atividades, garantindo que as mesmas aconteçam em pequenos grupos; Verificar se a reorganização das salas de aula e berçários atende a protocolos da Comissão, tais como organização das mesas e cadeiras no formato tradicional, garantia de espaçamento entre as crianças e estudantes de 1,5 m no ensino fundamental e de 2 m na educação infantil, Manutenção de lugares fixos nas salas, dentre outros.

Karla Konda
Editora Chefe