Cidades

Preço Do Limão Deve Cair Para O Consumidor Neste Inicio De Ano

Uma pesquisa realizada pela Associação Paulista de Supermercado (APAS) que analisa o preço dos principais legumes, frutas e verduras nos supermercados, neste período que os produtos in natura registram maior procura por parte dos consumidores por conta da busca de uma alimentação saudável, perda de peso e leveza no verão. A pesquisa aponta que a venda da categoria aumentou de 6,40% em 2012 para 8,23% em 2019. Como consequência, as lojas trabalham novos layouts. No mundo digital, legumes, frutas e verduras ainda enfrentam resistência. Confira os alimentos que subiu e deixou a conta do mercado mais cara:
Laranja – Por janeiro ser o fim da safra e fevereiro e março entressafra, a laranja apresentou uma subida de preços no primeiro trimestre.
Banana – A banana nanica fica de entressafra em janeiro e fevereiro e só retorna em março. A redução de 3% na área de colheita somado ao granizo no Vale do Ribeira em São Paulo contribuem para que o primeiro trimestre registre um aumento de 8%.
Maçã – A entressafra da maçã fuji acontece em novembro e dezembro. A safra começa em março. Em 2020, a APAS estima aumento de até 9% por conta do atraso da colheita da maça tipo gala devido o inverno mais ameno e as chuvas em Santa Catarina que reportam mais doenças.
Tomate – O último trimestre de 2019 fechou com preços em baixa devido a maturação rápida por conta das altas temperaturas. Para o economista da APAS, Thiago Berka, a redução foi pontual uma vez que a área cultivada caiu 8,4% e sem perspectiva de melhora. Desta forma, ele espera um aumento de 20% até 30% no primeiro trimestre, já que na segunda semana de janeiro a Ceagesp reportou aumentos de até 50% nos preços.
Cenoura – Com aumento de área plantio na safra de inverno e a rentabilidade alta pela subida dos preços do primeiro semestre, muitos produtores migraram para a produção da cenoura. Assim a oferta é positiva no primeiro trimestre e o aumento de preço deve ficar limitado em 10%, já que em fevereiro termina-se a safra e março é entressafra. Ainda estão na lista de produtos que subiram batata, cebola e alface.
O item mais procurado das donas de casa vai ficar mais em conta, o limão – O aumento do limão acontece no segundo semestre quando entra em fim de safra e entressafra à partir de agosto. Em janeiro inicia-se a safra da fruta e a colheita vai de fevereiro até julho. O consumo do produto associado com bebidas alcoólicas é comum em grande parte dos coquetéis de verão.

Ariane Pio
Da Reportagem Local