Início - Preço da Gasolina em Catanduva Iguala ao Valor Mais Caro do Brasil
Cidades

Preço da Gasolina em Catanduva Iguala ao Valor Mais Caro do Brasil

Em Catanduva o maior valor praticado é de R$ 4,59 (Divulgação)

O preço da gasolina praticado nas bombas dos postos de Catanduva igualou com o valor mais caro do Brasil. Enquanto aqui o consumidor paga pelo litro do combustível, derivado do petróleo, até R$ 4,59, no Rio de Janeiro, local com o preço mais alto do país, segundo pesquisa da Ticket Log (IPTL), a gasolina custa R$ 4,58 o litro.
Diferentemente da Capital de São Paulo que pratica preços médios de R$ 4,30.
Dados da Agência Nacional do Petróleo mostram que o combustível custa entre R$ 4,43 e R$ 4,59 na Cidade Feitiço.
Em todo Estado de São Paulo, o combustível aumentou 48% de acordo com a pesquisa de preços realizada pela IPTL.
Conforme dados apresentados, este é segundo maior valor registrado nas bombas paulistas desde fevereiro.
Em Catanduva não é diferente. Para se ter ima ideia, em fevereiro do ano passado o combustível era comercializado a R$ 3,84 – um aumento de 19,22% se comparado com o valor praticado atualmente. Na comparação com o início deste ano, a gasolina que era vendida a R$ 4,06 subiu 12,22%, nos postos de Catanduva. Um aumento gradativo. No início de maio deste ano o derivado do petróleo era encontrado por R$ 4,19, passou a ser comercializado a R$ 4,32 no final do mesmo mês e em junho subiu para R$ 4,53.
Dados do Departamento Nacional De Trânsito (Denatran) de julho mostram que Catanduva possui uma frota de 50.065 veículos movidos a gasolina. Além de 33.219 que podem utilizar tanto a gasolina quanto o etanol.
Na estatística, está o comerciante Leonel Brito Cardozit que possui um automóvel movido somente à gasolina. “Olha, nas bombas de combustível os preços são de sofrer ultimamente. Ainda bem que o meu carro é 1.0 porque se consumisse mais do que ele já gasta, eu teria de procurar outro meio de me locomover. O preço está absurdo”, disse.
Feliciano Abdon compartilha o mesmo pensamento. “O meu carro é flex, mas já não sei mais o combustível que compensa colocar. A gasolina está absurdamente cara. O álcool, idem. A única maneira de economizar é reduzir o consumo andando menos de carro. Costumo brincar que hoje em dia oferecer carona até aos familiares é um ato de amor, porque é muito difícil”, afirmou.

Retrato do primeiro semestre
Ao analisar o preço médio dos combustíveis no primeiro semestre, o IPTL revelou que São Paulo registrou o menor valor para o litro da gasolina e do diesel, R$ 3,89 e R$ 3,22, respectivamente, em todo o Brasil.
Já no recorte da Região Sudeste, o Rio de Janeiro lidera com os maiores preços praticados nas bombas para a gasolina (R$ 4,58), etanol (R$ 3,73) e diesel (R$ 3,64). No Espírito Santo, a média do litro da gasolina no primeiro semestre ficou em R$ 4,20, valor 8% menor que a média nacional, de R$ 4,59.
Em Minas Gerais, o preço médio do etanol foi de R$ 3,21, valor 9% abaixo da média nacional para o período. Em razão da alta variação dos preços registrada nas bombas de todo o País em maio, por ocasião da crise dos combustíveis, o mês não foi contemplado no recorte semestral.
O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos postos credenciados da Ticket Log. 1 milhão ao todo, com uma média de 8 transações por segundo.

Karla Konda
Da Reportagem Local